Pravda.ru

Notícias » Sociedade


Tiê – lança Sweet Jardim

01.12.2009 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Pages: 12
Tiê – lança Sweet Jardim

A cantora paulista Tiê, foi parte da estréia do evento LATINO-AMERICANA musical de Montevidéu, junto com a uruguaia Ana Prada na Sala Zavala Muniz do histórico Teatro Solís que acabou de completar 153 años. O roteiro de imprensa da Tiê deu início na Segunda 06 de Outubro no Programa da tevê «Bien Despiertos» do Canal 12 da capital uruguaia, entre clipes de divulgação e uma música muito doce que mostrou para todos os que ficamos de orelha em pé, e de nesse violão e nesse coração feito tatuagem desenhado na pele do braço esquerdo.

PRAVDA: Quando e onde você nasceu? Um cantinho do teu bairro?

TIÊ: Nasci em São Paulo, no bairro de Perdizes, no dia 17.03.80, as 00:45

P: Como foi o início da tua carreira profissional? Teu amor pela música? É herdeira de alguém ou pioneira na família?

TIÊ: Minha avó foi atriz da TV TUPI e deu o primeiro beijo da tevê brasileira. Chama-se Vida Alves. Ela e minha mãe sempre me incentivaram a arte, seja lá qual vertente dela. me interessei pela carreira em 1997, quando ganhei o premio fico do colégio objetivo. Aí fui estudar canto e comecei a tocar em bares e eventos, até conhecer o Toquinho em 2004, que foi quem me profissionalizou e me ensinou muito

P: Quem influenciou para que pegasse o violão e mexesse neste negócio lindo da música? O violão foi seu primeiro cara-metade na música? O piano? Um espelho musical?

TIÊ: Minha vontade de compor e meu produtor Plínio Profeta, que insistiu para que eu tocasse na gravação do disco.

P: Quando foi embora para Nova Iorque e quanto teve a ver essa cidade na tua música? Morou em Manhattam? Alcançou tocar nos barzinhos latinos da cidade?

TIÊ: morei em NY 2000 e 2001. Fui trabalhar com produção de shows do Nelson Motta. Lá estudei canto e cantei em alguns bares, não latinos. Morei em Manhattan e no Brooklyn - Williansburg

P: Hoje está lançando o primeiro CD “Sweet Jardim» fora Brasil? Montevidéu tornou-se privilegiada na América? Porque essa mistura inglesa e brasileira no título do CD? Está querendo exprimir o quê? Tua vida meio ianque, meio brasileira?

TIÊ: Essa é a primeira vez em Montevideo, mas em abril estive em NY, Paris, Berlin e Londres e isso tudo é genial. O titulo Sweet Jardim é o nome de uma das musicas e a mistura aconteceu por ser sonoro e agradável, e soar melhor do que doce jardim. Minha vida é bem brasileira.

P: Sabe que a música brasileira tem muitos torcedores no Uruguai? Seu início na música foi com o Toquinho como referência, não é? Sabe que o Vinícius alcançou morar em Montevidéu e teve sua «residência» no Instituto Cultural Uruguaio-Brasileiro que ainda existe?

TIÊ: Sim

P: Agora mora de novo em Sampa, verdade? Esse convívio com a cidade vai mudando seu estilo quase ianque de ontem? Como começaram os roteiros musicais em Sampa? Os barzinhos aconchegantes de Vila Madalena? Em outras cidades?

TIÊ: Mesmo estando em NY por mais de um ano nunca tive um estilo ianque, então na verdade nada mudou. Adoro a cidade de São Paulo e comecei cantando em bares e eventos. Vila Madalena ate Vila Olímpia. Vivo também de locuções e jingles publicitários.

P: Imagina lotar um palco do estilo Olímpia em Sampa? Ou receber o convite do gordão Jô na tevê?

TIÊ: Espero ir ao Jô sim e tocar em lugares bacanas.

P: Uruguai e Brasil são países fãs do futebol. A Tiê torce pelo...? Vá nas arquibancadas e assiste aos jogos ao vivo ou esses anos em Nova Iorque mudaram tua cabeça quando ao esporte do peito?

TIÊ: Então, novamente, só morei em NY por 1 ano e meio. E só assisto futebol pra acompanhar meu marido. Em casa na TV, e torcemos para o Cruzeiro.

P: Tem dado uma analisada na música do Martinho da Vila Isabel: O está querendo dizer o Martinho com essa de «solteira feliz»?

TIÊ: Não conheço.

P: Um dos próximos projetos poderia ser cantar as músicas do «Sweet Jardim» em castelhano ou acha que perdem aquele conteúdo na hora de serem traduzidas? Já tem experimentado esse negócio traduzindo para o inglês? Em uma versão castelhana, como ia intitular o CD que acabou de lançar? «Dulce Jardim»?

TIÊ: Nunca pensei em traduzir as musicas, e também não fiz para o inglês. Mas pode ser uma boa idéia. Penso em compor novas musicas e ter o castelhano como língua também. Dulce jardim é bonito, me agrada

P: A música da Tiê sem dúvida envolve ternura. Na hora de tocar e cantar, seus pálpebras fecham-se com extrema ternura e muito devagar e abrem-se aos poucos só um instante. Fazer essa música tão doce assim, assemelha-se ao primeiro beijo terno sendo moleque? Ainda se lembra?

TIÊ: Pela pergunta, acredito que isso tudo tenha lembrado o seu primeiro beijo, e isso é doce.

P: Houve algum fato ou alguém marcou tua vida musical? Vamos descobrir alguém «proibido» no conteúdo das letras como acontece inúmeras oportunidades? Um amor impossível?

TIÊ: Claro, todas as informações estão escritas lá!

P: Essa ternura toda que reflete acima do palco, logo ter assistido ao espetáculo, tenho certeza que trata-se da bem-vinda que está lhe dando faz alguns meses ao neném que está chegando, não é? Grávida faz quanto?

TIÊ: 7 meses e estou muito feliz.

P: Percebi muitas músicas com som de carrossel ou estou me enganando? Em louvor ao filhote que está na barriguinha?

TIÊ: Não tivemos a intenção do carroussel e todos esses arranjos foram pensados antes do bebe. Provavelmente ele influenciara o próximo.

 
Pages: 12
6815
Loading. Please wait...

Fotos popular