Pravda.ru

Notícias » Sociedade


Estudo apresenta visão das mulheres sobre segurança pública

01.09.2009 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Com o objetivo de identificar a visão feminina e as propostas para melhoria da segurança pública, 213 mulheres de diferentes ocupações, classes sociais, orientações sexuais e religiosas se reuniram para discutir o problema da violência. O estudo "Mulheres: Diálogos sobre Segurança Pública" foi apresentado pela ministra da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres (SPM), Nilcéa Freire, na última sexta-feira, na 1ª Conferência Nacional de Segurança Pública (Conseg). A iniciativa, inédita no Brasil, foi realizada em sete cidades do país - Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Recife, Salvador, Belém e Canoas.


Entre as soluções apresentadas pelas mulheres está a necessidade de uma política intersetorial e transversal que contemple o acesso integral e irrestrito às garantias do Estado de Direito. A violência, na visão das participantes, está associada às carências nos serviços públicos, em especial na educação e na saúde.


Com base nas propostas apresentadas pelas participantes, a SPM elaborou sete princípios a serem encaminhados à Conseg, entre eles de que a segurança pública deve se basear em uma perspectiva de gênero e de direitos humanos e de que deve priorizar a prevenção, focando a família, a comunidade, a escola e a saúde. "Os resultados apontam que as novas diretrizes da Segurança Pública devem ser estabelecidas e desenvolvidas com base em políticas preventivas da violência", afirmou a ministra.


Conseg - O Ministério da Justiça realiza, de 27 a 30 de agosto, a 1ª Conferência Nacional de Segurança Pública (Conseg). Durante o evento, serão discutidos temas como cidadania, participação popular, prevenção e repressão ao crime, entre outros. O intuito é elaborar uma nova Política Nacional de Segurança Pública, que será construída a partir da participação do poder público e da sociedade civil.

SPM

 
1933
Loading. Please wait...

Fotos popular