Pravda.ru

Notícias » Ciência


Ataque terrorista turca interrompe operação anti-terror russa

25.11.2015 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Ataque terrorista turca interrompe operação anti-terror russa. 23312.jpeg

OTAN ataca a Rússia! O que estava acontecendo nas mentes da hierarquia militar turca, quando deram a ordem para destruir o alvo russo que dizem estava voando sobre o seu espaço aéreo é difícil de entender, mas o que esperar de um país que perpetrou o genocídio armênio?

Hoje a Turquia perpetrou um ato terrorista derrubando um avião militar russo que estava conduzindo uma operação anti-terrorista. Mas que grande surpresa. Agora vemos onde fica a Turquia e seu mestre, a OTAN, nesta história do Estado Islâmico.

Muitas têm sido as acusações de que a Turquia, membro da OTAN, não fez o suficiente para combater o Estado Islâmico, muitas têm sido as acusações de que a Turquia tem vindo a cooperar com o Estado Islâmico em não cortar suas linhas de abastecimento. Dado o próprio registo da Turquia no genocídio armênio, que a Turquia nunca sequer reconheceu, não é exagero declarar que a entidade terrorista é a Turquia e a Organização Terrorista do Atlântico Norte à que pertence e vemos que o verdadeiro objetivo do ato de terrorismo hoje foi frustrar a campanha anti-terrorista da Rússia na Síria.

Porque o Estado Islâmico, sejamos honestos, não é exatamente o que parece, toda a gente sabe? Quem vem financiando o Estado Islâmico, se não os interesses e bens ocidentais e seus queridinhos nas monarquias fascistas no Oriente Médio, aqueles castelos de areia repugnantes governados por déspotas tirânicos com registros de direitos humanos deploráveis, enquanto os líderes ocidentais se rastejam aos seus pés.

Que venha o Ocidente fornecer essas respostas, respostas cristalinas. Vamos nomear e envergonhar todos aqueles que têm vindo a financiar o Estado Islâmico, todos aqueles que têm estado a armar o Estado Islâmico, todos aqueles que têm vindo a ajudar e serem cúmplices do Estado Islâmico, todos aqueles que ficaram para trás observando enquanto o Estado islâmico ganhou forma e cresceu no monstro que é hoje.

Claro, a OTAN se preocupa mais com Paris do que com um avião de passageiros russo, afinal de contas, o incidente só causou o dobro do número de vítimas e apenas algumas semanas depois, a história nem parece no radar. Quase se consegue ouvir a hierarquia da OTAN rindo e dizendo "que foi sua própria culpa".

Então mais uma vez, o que esperar de um Estado membro de uma organização que mentiu entre seus dentes quando a União Soviética se dissolveu voluntariamente, indicando que se o Pacto de Varsóvia se desmantelasse, a OTAN não iria instalar-se no centro e leste europeu? O que esperar de um mentiroso descarado? OTAN mentiu sobre a Polónia, mentiu sobre a República Checa, mentiu sobre a Hungria, mentiu sobre a Roménia, mentiu sobre a Estónia, mentiu sobre a Letónia, mentiu sobre a Lituânia, mentiu sobre a Bulgária, mentiu sobre a Eslováquia, mentiu sobre Eslovénia, mentiu sobre a Albânia, mentiu sobre a Croácia.

À medida que as investigações prossigam, Turquia afirma que o avião russo derrubado estava sobrevoando o espaço aéreo turco, enquanto o Ministério da Defesa russo afirma que estava voando sobre a Síria durante toda a operação e estava operando legalmente.

Até que apareçam provas ao contrário, e não há razão para não acreditar que a versão russa vale mais do que a versão de um país que matou um milhão e meio de armênios e, em seguida, afirma simplesmente que isso não aconteceu, qual foi o objetivo turco na ação de hoje? Estragar a operação e proteger os terroristas?

Mais uma vez, o que esperar da Turquia, um Estado pária em toda a comunidade internacional? Quanto à OTAN, nenhuma surpresa também? Terrorista é terrorista.

Agora, a Turquia terá de enfrentar as consequências dos seus atos.

Timothy Bancroft-Hinchey

Pravda.Ru

Diretor e Chefe da Redação

Versão portuguesa

 

 
4834
Loading. Please wait...

Fotos popular