Pravda.ru

Notícias » Ciência


Cuba defende saúde como objetivo essencial da sustentabilidade

25.05.2016 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Cuba defende saúde como objetivo essencial da sustentabilidade. 24414.jpeg

Genebra, (Prensa Latina) Cuba manifestou aqui seu apoio à inclusão da saúde como um objetivo essencial na Agenda de Desenvolvimento Sustentável, reconhecendo o papel central que hoje ocupa.

O principal desafio será tornar realidade o que está plasmado em um papel, sem deixar ninguém para trás, é necessária uma verdadeira associação mundial para o desenvolvimento, afirmou o ministro cubano de Saúde Pública, Roberto Morales, ao intervir na sessão plenária da 69a Assembleia Mundial do setor.

Nesse sentido, fez referência ao objetivo número 3 da Agenda: "Garantir uma vida saudável e promover o bem-estar para todos em todas as idades".

O mesmo destaca o enfoque integral na abordagem dos determinantes, evidenciando a necessidade de construir sistemas inclusivos, acessíveis e equitativos, colocando a saúde como um direito humano essencial, explicou Morales.

Em sua opinão, esta é uma oportunidade para trabalhar de forma coordenada no interior de nossos países e estabelecer laços de cooperação sul-sul e norte-sul, trocando experiências positivas, trabalhando conjuntamente para o aperfeiçoamento dos sistemas e a conquista de uma cobertura universal.

Cuba, sem grandes recursos naturais, tem aperfeiçoado seu capital humano como sua riqueza mais preciosa, contamos com 495.609 trabalhadores do ramo, acrescentou.

O servidor público destacou também a presença de brigadas médicas em 67 países com mais de 49 mil colaboradores, a contribuição à formação de 33 mil profissionais de 134 nações e uma matrícula atual de 10.476 estudantes de 136 países.

É por isso que reafirmamos nossa posição contra as políticas de estimulação da migração seletiva dos trabalhadores de saúde e o roubo de cérebros, que vai em detrimento da saúde das populações,enfatizou. Morales apontou que a ilha desde 1959 identificou as políticas sociais, de saúde e econômicas necessárias para modificar o panorama crítico que existia, traçando as bases estratégicas para o desenvolvimento do Sistema Nacional de Saúde.

O trabalho realizado durante estes anos nos permitiu cumprir os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, inclusive antes da data acordada, afirmou.

Nosso sistema presta atenção a 100% da população, é gratuito, acessível, regionalizado, integral, ao alcance de todos os cidadãos no campo e na cidade, sem discriminação de nenhuma índole, com participação comunitária e intersetorial, com uma concepção internacionalista, tendo uma base sólida na Atenção Primária, detalhou.

Tudo isso foi possível apesar do bloqueio econômico, comercial e financeiro dos Estados Unidos que por mais de meio século causa prejuízos e privações ao povo cubano e é o principal obstáculo para o desenvolvimento econômico do nosso país, além de afetar outras nações por seu alcance extraterritorial, explicou.

A Assembleia, principal órgão de tomada de decisões da Organização Mundial de Saúde, acontece nesta cidade suíça até 28 de maio.

Fonte

 

 
3896
Loading. Please wait...

Fotos popular