Pravda.ru

Notícias » Ciência


Quinto turista espacial será lançado em 7 de abril

23.03.2007 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Quinto turista espacial será lançado em 7 de abril

A Comissão Estatal de Vôos Espaciais da Rússia (Ceve) autorizou  a viagem do americano Charles Simonyi e de dois astronautas russos à Estação Espacial Internacional (ISS), a bordo da nave Soyuz TMA-10. Simonyi, o quinto turista a viajar à ISS, será acompanhado pelos astronautas russos Fyodor Yurchikhin e Oleg Kotov, integrantes da 15ª missão (ISS-15), informou  "Itar-Tass".

Constituída por funcionários do Governo e de empresas russas do setor aeroespacial, a Ceve é a instância máxima que autoriza a formação das tripulações e a realização das viagens ao espaço. A Ceve estabeleceu ainda que os russos Mikhail Kornienko e Roman Romanenko integrarão a tripulação substituta, que viajaria à ISS no caso de algum dos principais ser retirado do programa.

De acordo com o programa de vôo estabelecido, a Soyuz TMA-10 com os astronautas e Simonyi a bordo será impulsionada por um foguete Soyuz-FG, cujo lançamento deve ocorrer em 7 de abril na base de Baikonur, no Cazaquistão. De origem húngara e com 58 anos, Simonyi é um milionário famoso no mundo da informática e um dos fundadores da empresa Microsoft, onde trabalhou até 1981 no desenvolvimento de grandes projetos como os programas Word e Excel. Atualmente, dirige a empresa International Software, fundada por ele mesmo em 2002.

"Preparei-me muito seriamente para esta viagem, deu trabalho aprender russo e, do ponto de vista tecnológico, agora entendo bem o funcionamento dos sistemas das naves e da ISS", afirmou Simonyi em entrevista coletiva na Cidade das Estrelas, perto de Moscou.
O milionário acrescentou que levará na mala uma fita de papel perfurado, onde eram armazenados os comandos para os programas nos antigos computadores fabricados nos anos 60.

"Levarei livros, anotações e, como amuleto, um fragmento de fita de papel para os computadores Ural-2 (soviéticos) nos quais aprendi programação, em 1964", acrescentou Simonyi.
O húngaro disse que, durante os treinamentos, ficou impressionado com o alto nível profissional de Yurchikhin e Kotov, companheiros de viagem no vôo de ida e comandantes principais da ISS-15.
A missão da ISS-15 é substituir o russo Mikhail Tyurin e o americano Michael López-Alegria, que, junto com a americana Sunita Williams, formam a atual tripulação que está na ISS.

Tyurin e López-Alegria estão preparando as malas, pois estão a ponto de completar seis meses de permanência na ISS, e Williams - que chegou à estação espacial na nave Discovery em dezembro - se tornará a terceira tripulante da ISS-15.

Segundo fontes russas não-oficiais, Simonyi desembolsou pelo menos US$ 21,6 milhões para viajar à ISS dentro do "turismo espacial", viagens específicas para pessoas que não são astronautas.
Yurchikhin e Kotov trabalharão na ISS pelo menos seis meses e Simonyi, após ficar no local por oito dias, voltará à Terra com Tyurin e López-Alegria em 20 de abril na nave Soyuz TMA-9, atualmente acoplada à estação .

 Com  Efe

 
3148
Loading. Please wait...

Fotos popular