Pravda.ru

Notícias » Ciência


Centro cubano de investigações médicas cresce em 2011

23.01.2012 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Centro cubano de investigações médicas cresce em 2011. 16309.jpegHavana, (Prensa Latina) O Centro de Imunologia Molecular (CIM) de Cuba finalizou 2011 com um crescimento de 11 por cento em suas exportações em relação ao ano anterior e um incremento sustentado na fabricação de seus principais produtos Durante esse período a entidade reportou uma alta produtividade por trabalhador e pôs em marcha a nova planta de anticuerpos monoclonais, que recebeu a certificación de Boas Práticas de agências regulatórias de Cuba, Brasil e do Japão.

Agustín Lage, diretor da instituição, ressaltou a consolidação em 2011 de importantes ensaios clínicos iniciados com anterioridade e que agora geraram respostas promissórias, segundo declarações publicadas no diário Granma.

O anticorpo monoclonal humanizado Nimotuzumab-R3, utilizado na terapia de tumores avançados de cabeça, pescoço e cérebro, continuou mostrando sinais alentadores nessas indicações e obteve também o registro para combater neoplasias de esôfago de origem epitelial, puntualizou.

Segundo indicou o diretor, o produto já tem registro em 25 países, ao mesmo tempo que se fazem ensaios clínicos em nações altamente desenvolvidas, como Japão e Alemanha.

Ao referir-se às investigações sobre a vacina terapêutica CIMAVAX-EGF contra o câncer de pulmão avançado, manifestou que em 2011 terminou-se um ensaio clínico FASE III em 351 pacientes, que mostrou resultados estatisticamente favoráveis quanto ao prolongamento da sobrevivência.

Nestes momentos estamos desenvolvendo a CIMAVAX-EGF em neoplasias de próstata, e trabalhamos em um segundo produto destas características para o próprio carcinoma do pulmão, ampliou.

Se conseguem-se os resultados esperados, sustentou Lage, poderíamos registrá-lo em 2012, com o qual Cuba disporia de duas vacinas, que junto ao anticorpo monoclonal NIMOTUZUMAB-R3 e outros produtos, e propiciaria o desenho de combinações terapêuticas mais eficazes contra esta doença.

Devido à multiplicidade de fatores causantes do câncer, encontrar uma forma única de curá-lo é sumamente difícil, por isso o propósito das vacinas terapêuticas é tratar de manter o tumor controlado por longos períodos, atrasando ou impedindo sua progressão, precisou o cientista.

Ao dizer do especialista, trata-se de converter o câncer avançado - doença que já é a primeira causa de morte em dez províncias do território nacional- em um padecimento crônico que possa ser mantido sob controle durante muito tempo.

 
3042
Loading. Please wait...

Fotos popular