Pravda.ru

Notícias » Ciência


Rússia e Irã ampliam parcerias econômicas

19.09.2014 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Rússia e Irã ampliam parcerias econômicas. 20892.jpeg

Nos dias 9 e 10 de setembro, foi organizada em Teerã a 11a Comissão Intergovernamental e o Fórum Empresarial Russo-Iraniano. Moscou e Teerã planejam o rápido crescimento da cooperação econômica entre seus países, por meio do uso do rublo nos pagamentos mútuos, da construção de usinas de energia, do fornecimento de uma variedade de produtos, da criação de joint ventures e da admissão de empresas russas na produção de petróleo e gás no Irã.

Ivan Kóniukhov, especial para Gazeta Russa

Ministro da Energia russo, Aleksandr Novak (esq.) e seu colega iraniano Bijan Zangane

Foto: AP

"O mercado iraniano é atraente para grandes empresas russas que atuam principalmente na área da produção, transporte e processamento. Estamos prontos para aumentar o volume de negócios com o país", assegurou o ministro da Energia da Federação da Rússia, Aleksandr Novak. Atualmente, esse volume é de cerca de US$ 1,5 bilhão (R$ 3,5 bilhões), mas durante os próximos dois anos ele poderia aumentar dez vezes.

Novak acrescentou que a Rússia e o Irã podem cooperar também nas áreas de metalurgia, transportes e comunicações. "Precisamos sacudir a poeira que se acumulou e propor novos produtos", afirmou o ministro, de acordo com a agência de notícias Itar-Tass. Segundo Novak, as grandes montadoras russas AvtoVAZ, grupo GAZ e Kamaz estão prontas para começar a trabalhar no país "não apenas no fornecimento, como também  na organização da coprodução" de veículos.

O presidente do Conselho Empresarial Russo-Iraniano, Víktor Mélnikov, disse que o Irã poderia fornecer à Rússia macarrão e outros produtos alimentícios. Já o vice-presidente da Câmara de Comércio do Irã, Dzhalalpur, disse que Teerã pode oferecer a Moscou tecnologia e cooperação na área de construção de barragens, instalações de água e fabricação de cimento.

Usinas e grãos

Uma das principais áreas de cooperação entre os países é a produção de energia elétrica. A empresa Tekhnopromexport fechou um acordo para a construção de até dez usinas termoelétricas com uma capacidade total de cerca de três gigawatts de energia e modernização das usinas térmicas existentes, inclusive a possibilidade de desenvolvimento de depósitos de carvão. O valor total do projeto atingirá mais de US$ 12 bilhões (cerca de R$ 27,94 bilhões). 

Pesquisador sênior do Instituto de Estudos Orientais, o professor Vladímir Sájin observou, em uma entrevista para o site Gazeta.ru, que para o Irã a opção de intercâmbio de capacidades geradoras para produção de petróleo parece bastante lógica. "O Irã precisa de grandes quantidades de energia elétrica, e a Rússia é um dos líderes mundiais na produção de capacidades geradoras", lembrou Sazhin. "Além disso, desde os tempos soviéticos a Rússia acumula experiência na área de construção de usinas no Irã."

De acordo com o jornal "Kommersant", entre as empresas interessadas na construção de infraestrutura no Irã está também a Stroytransgas-engineering, dedicada à instalação de gasodutos. O acordo sobre a eletrificação de ferrovias no Irã foi assinado entre parceiros iranianos e representantes da Russian Railways. "Haverá seis projetos desse tipo no total, e estamos nos preparando para assinar em novembro o próximo acordo", disse um membro da delegação empresarial russa.

De acordo com o vice-diretor geral da Asociação das companhias de grãos da Rússia, Andrei Gorm, a companhia está pronta para começar o fornecimento de 1,5 milhão a 2 milhões de toneladas de grãos para o país, e a Rússia e o Irã estão considerando a possibilidade de um acordo de troca de grãos por petróleo.

Por sua vez, o Irã poderia aumentar as exportações de frutas e vegetais para a Rússia de modo a compensar a interrupção do fornecimento de produtos agrícolas europeus, devido às sanções impostas contra Moscou pela União Europeia.

Cooperação na área de petróleo e gás

O Irã ofereceu às empresas russas a possibilidade de participar nos projetos de petróleo e gás. Uma proposta foi encaminhada para a Gazprom e para a Lukoil, mas até agora as empresas estão examinando-a. O país mostrou-se disposto a alterar as normas do direito nacional (no momento, empresas estrangeiras não podem ser acionistas em projetos de extração) e está procurando entre as empresas russas investidores para projetos de liquefação de gás.

Um dos principais temas de discussão entre os países é o mecanismo de pagamentos mútuos. Aleksandr Novak disse que "a análise dos mecanismos de pagamentos em rublos e em moeda iraniana  continua". "Nós concordamos que o volume de comércio entre os dois países será organizado com base nas moedas locais", disse o ministro do Petróleo iraniano, Bijan Zanganeh.

Ainda não há acordos concretos sobre o fornecimento de petróleo iraniano para a Rússia, apesar de os países terem assinado um memorando de entendimento mútuo sobre o assunto para o período de cinco anos. Após a assinatura do memorando, o Ministério da Energia da Federação da Rússia declarou que o Irã ofereceu ao país a possibilidade de participar na organização de fornecimento de petróleo, inclusive para Moscou, em um acordo que ficou conhecido na mídia como "petróleo em troca de bens." No entanto, em 9 de setembro, após a reunião da comissão intergovernamental, o ministro da Energia, Aleksandr Novak, disse  em entrevista ao canal "Rússia 24" que a Rússia não está negociando com o Irã o fornecimento de petróleo por meio.

http://br.rbth.com/economia/2014/09/18/russia_e_ira_ampliam_parcerias_economicas_27435.html

http://www.iranews.com.br/noticia/12667/russia-e-ira-ampliam-parcerias-economicas

 

 
7433
Loading. Please wait...

Fotos popular