Pravda.ru

Notícias » Ciência


Robô 100% baiano será mascote em Salvador

17.10.2012 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Robô 100% baiano será mascote em Salvador. 17421.jpeg

Durante a 9ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, em Salvador, o público poderá conhecer de forma dinâmica e interativa equipamentos científicos e tecnológicos nas áreas de Astronomia, Eletromagnetismo, Robótica, Fluidos, Óptica, Matemática e Mecânica.

Uma dessas curiosidades é o Robozão Bahia, produto 100% baiano, com 2,6 metros de altura, 1,60 m de envergadura. Ele dança, canta e interage com o público. "Para isso, foram reunidas várias técnicas de mecatrônica, de modelismo de radiocontrole e de fantoche", explica o desenhista industrial e criador do robô, Lei Almeida.

Outro destaque em Salvador são as oficinas gratuitas de astronomia, nas quais os jovens poderão visitar um planetário e participar da exposição dos painéis "Paisagens Cósmicas da Terra ao Big Bang". Os temas das oficinas, realizadas em grupos de 24 participantes, envolvem dimensões da Terra e do sistema solar e a construção de um espectroscópio. O visitante poderá conhecer de forma interativa 19 equipamentos científicos nas áreas de Astronomia, Eletromagnetismo, Robótica, Fluidos, Óptica, Mecânica, Acústica e Termologia. 

Minas - O Desafio Verde é uma das principais atrações em Minas Gerais. Segundo a coordenadora do Programa de Popularização da Ciência e Tecnologia da Sectes, Lívia Leão, a ideia é incentivar a participação das escolas públicas de ensino fundamental e médio nas atividades que acontecerão em instituições de ensino e pesquisa em torno da temática do evento deste ano. 

O Desafio Verde prevê premiações e certificações. A escola com maior número de atividades (Escola Top Popciência MG) receberá passagens de ida e volta e duas diárias para três alunos e três professores conhecerem o Instituto Inhotim (centro de arte ao ar livre considerado um dos maiores da América Latina) e o Circuito Cultural Praça da Liberdade (projeto do governo, em parceria com a iniciativa privada, que tem transformado prédios públicos em espaços interativos). "Queremos dar oportunidade a essas pessoas de ter acesso a uma série de museus que foram reestruturados recentemente", afirma Lívia.

Pará - Parte da programação da Semana será levada a estudantes do interior do Pará com a realização da mostra itinerante Camillo Vianna, que foi montada recentemente em Igarapé-Miri, a 123 quilômetros de Belém. A cidade é a penúltima dos 12 municípios a serem contemplados em 2012 com a exposição.

Em Igarapé, os visitantes puderam conferir uma programação diversificada, com palestras, seminários e oficinas, além de uma exposição sobre assuntos de diversas áreas da ciência. O destaque foi o programa de auditório Natureza, apresentado pelo Museu Paraense Emílio Goeldi, com a realização de brincadeiras e jogos educativos com a temática ambiental.

Na capital, a 5ª Feira Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação será realizada no campus da Universidade do Estado do Pará. O evento seguirá paralelamente ao Fórum de Pesquisa, Ensino, Extensão e Pós-Graduação da Uepa (Forpeexp).

Jornada estimula interesse por pesquisa espacial

A quarta edição da Jornada de Foguetes acontece neste mês em Barra do Piraí (RJ), com a participação de 500 estudantes e professores de todo o País. O destaque temático deste ano é para a fabricação e utilização dos foguetes brasileiros na área de pesquisa espacial. As atividades incluem palestras de astrônomos e especialistas em astronomia e astronáutica, além de oficinas didáticas. 

A seleção para a Jornada foi feita a partir da Mostra Brasileira de Foguetes de 2012, que contou com a participação de cerca de 40 mil pessoas. Aberta aos alunos de escolas públicas e privadas, a Mostra objetiva avaliar a capacidade dos jovens de construir e lançar foguetes feitos de garrafa pet ou de canudo de refrigerante. Além de material didático, os vencedores receberão um troféu em formato do foguete brasileiro Sonda III.

Os eventos integram iniciativas da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica e conta com o apoio da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), do Instituto de Aeronáutica e Espaço, da Agência Espacial Brasileira, da Fundação Marcos Pontes, do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico e do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação.

 
5491
Loading. Please wait...

Fotos popular