Pravda.ru

Notícias » Ciência


Análise de sangue permite determinar a depressão

12.03.2008 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

A depressão pode ser diagnosticada com ajuda de uma análise de sangue, revelaram os cientistas de uma universidade dos EUA. Na base do resultado determina-se se o tratamento com medicamentos antidepressivos será eficaz.

Este avanço deve-se à identificação de uma proteína no cérebro que pode servir de marcador biológico para a depressão.

"A análise poderá permitir prever rapidamente a eficácia da terapia com antidepressivos, em quatro ou cinco dias, evitando uma longa espera de um mês ou mais para determinar o tratamento adequado", afirma o principal autor do estudo, Mark Rasenick, da Universidade do Illinois (EUA).

Os investigadores estudaram os cérebros de 16 pacientes depressivos e com tendência para o suicídio e compararam-nos com os cérebros de pessoas mortas sem histórico de ordem psiquiátrica.

Determinaram assim que a proteína Gs alfa estava presente em maior proporção nos pacientes depressivos em células do cérebro chamadas "jangadas lipídicas".

"Essas 'jangadas' são espessas, viscosas, quase pegajosas, e tanto facilitam como impedem a comunicação entre as moléculas da membrana", explica o cientista no "Journal of Neuroscience".

Quando esta proteína está presa nas "jangadas lipídicas", a sua capacidade de activar os neurotransmissores fica reduzida. "Os antidepressivos contribuem para deslocar a Gs alfa para fora dessas 'jangadas' e facilitar a acção de certos neurotransmissores", acrescenta.

Os antidepressivos demoram cerca de um mês a ser eficazes, quando, segundo estes investigadores, bastariam quatro a cinco dias para observar alterações nas células sanguíneas.

 
1764
Loading. Please wait...

Fotos popular