Pravda.ru

Notícias » Ciência


Solidariedade de Cuba se destaca em Portugal

09.04.2020 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Solidariedade de Cuba se destaca em Portugal. 33004.jpeg

Solidariedade de Cuba se destaca em Portugal

 

Lisboa, 8 de abril (Prensa Latina) Organizações de cubanos residentes em Portugal hoje destacaram a solidariedade da nação caribenha com numerosos países diante da pandemia de Covid-19 e condenaram os contínuos ataques dos Estados Unidos contra a ilha.

 

Por meio de comunicado, denunciaram o bloqueio econômico, comercial e financeiro imposto por Washington, seus graves efeitos no confronto com o coronavírus SARS-CoV-2 e as ações contra aqueles que tentam apoiar a Revolução Cubana.

Assinado pela Associação de Residentes Cubanos em Portugal, a Yoruba Cultural de Cuba-F e Los Originario, o texto defende a solidariedade entre os povos e exige o fim dos ataques contra seu país e outros como Venezuela e Irã.

Além disso, destaca o apelo da Organização Mundial da Saúde, das Nações Unidas e outras instâncias, para eliminar sanções que impedem a livre circulação de produtos essenciais para salvar vidas e reduzir o impacto econômico e social do novo coronavírus.

Por outro lado, destaca a alta preparação dos médicos cubanos e a capacidade desse país para enfrentar circunstâncias difíceis, bem como sua experiência no controle de situações epidemiológicas complicadas, como as geradas pela dengue e tuberculose.

Após quase seis décadas de trabalho altruísta e solidário no mundo, mais de 400 mil trabalhadores cubanos da saúde chegaram a 164 países, afirmou o comunicado.

Atualmente, 593 profissionais da ilha, organizados em cerca de 14 brigadas, participam de esforços para conter a pandemia em 12 países, apesar da campanha de difamação promovida pelos Estados Unidos para rejeitar a cooperação cubana, acrescentou.

Além disso, o texto critica a escalada do bloqueio pelo governo Donald Trump e seu comportamento, apesar da demanda de inúmeras vozes de todo o mundo.

Ele está prestes a ser conhecido o primeiro contingente humanitário que o governo da potência mundial envia em um avião para combater a miséria, a fome e as doenças em um país sufocado pela pobreza e pelo desespero.

O documento conclui com as palavras do líder da Revolução Cubana, Fidel Castro: 'nosso país não lança bombas em outras cidades nem envia milhares de aviões para bombardear cidades. Nosso país não possui armas nucleares, armas químicas ou biológicas. Os cientistas que fomos criados com a idéia de salvar vidas '.

rgh / gas / bm

https://www.prensalatina.com.br/index.php?o=rn&id=30497&SEO=solidariedade-de-cuba-se-destaca-em-portugal

 

 
3243

Fotos popular