Pravda.ru

Notícias » Ciência


Revista 'Estudos Avançados' apresenta propostas para o país sair da crise econômica

08.09.2017 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Revista 'Estudos Avançados' apresenta propostas para o país sair da crise econômica. 27273.jpeg

"Nenhuma ação política é tão urgente nos dias de hoje quanto a que vise a sair da crise econômica que aflige o povo brasileiro", segundo o editor da revista "Estudos Avançados", Alfredo Bosi. Essa foi a motivação para o periódico do IEA trazer em sua edição 89 (referente a janeiro-abril) o dossiê "Saídas para a Crise Econômica".

A proposta da editoria da revista foi reunir um conjunto de textos em que "economistas provadamente competentes exponham seus pontos de vista e formulem propostas viáveis de curto ou longo prazo". Para isso, "Estudos Avançados" contou com a colaboração do economista Luiz Carlos Bresser-Pereira, professor emérito da Fundação Getúlio Vargas em São Paulo e ex-ministro da Fazenda, encarregado de organizar o dossiê.

São 12 artigos escritos por 13 economistas (leia o sumário abaixo). Bresser-Pereira abre o conjunto com o texto "Como Sair do Regime Liberal de Política Econômica e da Quase-Estagnação desde 1990". Ele propõe que o Brasil adote cinco "medidas desenvolvimentistas": regra fiscal responsável, juros moderados, câmbio competitivo, acordo social e impostos progressivos.

Edmar Bacha, diretor do Instituto de Estudos de Política Econômica - Casa das Garças, considera que "a baixíssima participação do Brasil no comércio internacional" é uma causa adicional, "frequentemente ignorada", para o lento crescimento da economia brasileira desde os anos 80. Ex-presidente do BNDES e integrante da equipe que elaborou o Plano Real, Bacha propõe que o país adote um programa de integração às cadeias produtivas internacionais baseado na redução do custo Brasil, na troca de tarifas por câmbio e em acordos comerciais.

"Há diversas propostas meritórias de correntes da esquerda para a saída da crise", na opinião de Leda Maria Paulani, professora da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA) da USP,  "mas o problema do país hoje é de fundo, é de esgotamento, de crise de um modelo rentista e financeirizado, que já causou muitos prejuízos ao Brasil e aos brasileiros, em particular aos de mais baixa renda." Para Leda, ex-secretária de Finanças da Prefeitura de São Paulo, qualquer medida que se adote "sem que se toque no arranjo institucional que têm permitido, há quase três décadas, o protagonismo da riqueza financeira e dos imperativos de sua valorização estará fadada ao fracasso".

Várias outras ações são propostas nos demais artigos do dossiê, entre as quais a recuperação das margens de lucros das empresas não financeiras, continuidade da flexibilização da política monetária e a adoção de um imposto sobre a exportação de commodities. O textos discutem também as causas e o desenrolar da crise e os possíveis efeitos de medidas já adotadas, como a Emenda Constitucional 95, que estabeleceu teto para os gastos públicos durante 20 anos.

Outros temas

O segundo conjunto de textos da edição complementa o dossiê "Dilemas Ambientais e Fronteiras do Conhecimento", iniciado no número anterior de "Estudos Avançados". A coletânea temática foi concebida pelos professores Pedro Roberto Jacobi e Leandro Luiz Giatti. Bosi destaca que "os textos acrescentam medidas estratégicas e dados históricos que conferem novas perspectivas à militância ecológica".

As humanidades são contempladas na edição 89 com ensaios sobre estética, cinema e literatura. Entre os temas discutidos estão as obras dos escritores Mário de Andrade e Ferreira Gullar, "nomes centrais de nossa ficção e nossa poesia", acrescenta Bosi.

A edição inclui também dois artigos comemorativos do 30º aniversário do IEA, celebrados em outubro de 2016. O professor Carlos Guilherme Mota trata da história e dos anos iniciais do Instituto, do qual foi o primeiro diretor (1986-1988). O professor Jacques Marcovitch, que sucedeu Mota na direção, destaca programas e projetos realizados durante sua gestão (1988-1993) em consonância com os principais desafios nacionais e internacionais da época, como o fim da União Soviética, a ECO 92, a revisão da Constituição e as relações entre capital e trabalho no Brasil.

Os textos da seção "Resenhas" tratam dos livros: "A Demanda do Santo Graal: O Manuscrito de Heidelberg", traduzido por Marcus Baccega; "Érico Verissimo, Escritor do Mundo: Circulação Literária, Cosmopolitismo e Relações Interamericanas", de Carlos Minchillo; "Império, Mito e Miopia: Moçambique como Invenção Literária", de Francisco Noa; e "Guyanese Migration and Remittances to Guyana: A Case Study of their Potentials and Challenges for Guyana's Economy", de Hisakhana Pahoona Corbin"."

Revista "Estudos Avançados" 89, 480 páginas, R$ 30,00 (assinatura anual com três edições: R$ 80,00). Informações sobre como assinar a revista ou adquirir exemplares avulsos: www.iea.usp.br/revista ou com Edilma Martins (edilma@usp.br), tel. (11) 3091-1675. A edição digital já está disponível na SciELO

por Mauro Bellesa 

in

 

 
6323
Loading. Please wait...

Fotos popular