Pravda.ru

Notícias » Ciência


Cena Lusófona

07.11.2013 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Cena Lusófona. 19158.jpeg

A Cena Lusófona apresenta em Évora e em Campo Benfeito (Castro Daire) as três últimas sessões da primeira fase da digressão do espectáculo "As Orações de Mansata", de Abdulai Sila. Trata-se de uma co-produção com as companhias portuguesas A Escola da Noite e Companhia de Teatro de Braga e com o Teatro Vila Velha (Salvador, Brasil), construída no âmbito do projecto P-STAGE - IV Estágio Internacional de Actores. As sessões têm lugar a 8 e 9 de Novembro, na cidade alentejana (Teatro Garcia de Resende) e a 15 de Novembro na sala do Teatro do Montemuro, na aldeia de Campo Benfeito.

"As Orações de Mansata" é o primeiro texto dramático impresso da literatura guineense. Ele oferece um impiedoso retrato dos mecanismos de corrupção, luta pelo poder e violência extrema que caracterizam vários regimes políticos em todo o mundo e têm marcado, de forma trágica, a realidade da Guiné-Bissau nas últimas décadas. A busca das Orações de Mansata, que supostamente darão aos seus detentores os poderes necessários para dominar o povo, desenrola-se num processo em que a traição, a tortura e a morte são reduzidas à banalidade.


A realidade de uma certa África contemporânea é ainda retratada através das tensões entre as culturas ancestrais (a poligamia, a ligação ao sobrenatural, as formas de poder tradicional, o lugar reservado às mulheres) e o crescente impacto da globalização, através da internet, de outros meios de comunicação e de uma mobilidade internacional cada vez mais facilitada.

O Projecto P-STAGE
A obra resulta de um convite feito pela Cena Lusófona ao escritor guineense Abdulai Sila (autor da trilogia de romances "Eterna Paixão", "A Última Tragédia" e "Mistida") e encontra-se publicada na colecção "Teatro", editada por esta associação.


O simbolismo de ser a primeira peça guineense publicada e o carácter universal dos temas que aborda ("Macbeth", de Shakespeare, serviu de inspiração ao autor) fizeram com que fosse escolhida para o espectáculo central do P-STAGE, o projecto de formação, criação e difusão teatral que a Cena Lusófona está a desenvolver, com diversos parceiros no espaço lusófono e o apoio da Comissão Europeia, desde Julho de 2012.


O elenco junta três actores portugueses e um moçambicano (d'A Escola da Noite e da Companhia de Teatro de Braga) e dois actores brasileiros (do Bando de Teatro Olodum, companhia residente no Teatro Vila Velha, de Salvador) a sete actores de Angola, da Guiné-Bissau e de São Tomé e Príncipe, seleccionados a partir de três oficinas de interpretação realizadas nos respectivos países e dirigidas, respectivamente, pelos encenadores Rui Madeira (Portugal), Cándido Pazó (Galiza) e Márcio Meirelles (Salvador, Brasil).


O processo de ensaios teve início em Agosto, em São Tomé e Príncipe, e manteve até ao final uma forte componente formativa, que incluiu aulas de capoeira, uma oficina de técnica da máscara (dirigida por Filipe Crawford), música (Jarbas Bittencourt), coreografia (Zebrinha) e uma troca constante de experiências entre todos os participantes, que foram convidados a partilhar com os colegas músicas e danças tradicionais dos seus países.

A temporada em Coimbra e a digressão nacional


O espectáculo estreou a 17 de Outubro no Teatro da Cerca de São Bernardo, em Coimbra, e foi já apresentado em Braga. A primeira fase da digressão termina agora, estando prevista para 2014 uma nova série de apresentações, com passagens por Salvador (Brasil), Galiza, Portugal, Guiné-Bissau e Angola.


AS ORAÇÕES DE MANSATA
de Abdulai Sila

co-produção Cena Lusófona / A Escola da Noite / Companhia de Teatro de Braga / Teatro Vila Velha (Salvador, Brasil)

dramaturgia e encenação António Augusto Barros elenco Amador Fernandes, Ella Nascimento, Emílio Lucombo, Igor Lebreaud, Jorge Biague, Marleny Musa, Miguel Magalhães, Paulo Figueira, Ridson Reis, Rogério Boane, Solange Sá, Trindade Gomes da Costa, Wilson de Sousa cenografia João Mendes Ribeiro e Luísa Bebiano figurinos e adereços Ana Rosa Assunção direcção musical Jarbas Bittencourt apoio coreográfico / movimento Zebrinha desenho de luz Fernando Conceição
2h30 com intervalo > M/12


Évora, Teatro Garcia de Resende
8 e 9 de Novembro
sexta e sábado, 21h30
informações e reservas: 266 703 112

Campo Benfeito (Castro Daire), Espaço Montemuro
15 de Novembro
sexta-feira, 21h00
entrada gratuita
informações e reservas: 254 689 352


Cena Lusófona
Rua António José de Almeida, 2 - 2º
3000-040 COIMBRA
PORTUGAL
+ 351 239 836 679
+ 351 917 667 808 (Pedro Rodrigues)
www.cenalusofona.pt

 
5810
Loading. Please wait...

Fotos popular