Pravda.ru

Notícias » Ciência


Rússia rejeita manobras políticas dos EUA contra a Venezuela

04.04.2020 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Rússia rejeita manobras políticas dos EUA contra a Venezuela. 32972.jpeg

Rússia rejeita manobras políticas dos EUA contra a Venezuela

Moscou, 2 de abril (Prensa Latina) A Rússia rejeitou hoje as manobras políticas dos EUA contra a Venezuela, incluindo acusações de tráfico de drogas contra sua liderança, em meio à tragédia no mundo devido ao coronavírus SARS CoV-2, causando a pandemia de Covid -19.

Washington tenta tirar proveito da situação do Covid-19 para atingir definitivamente a Venezuela, disse a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zajarova, em uma entrevista on-line, referindo-se às recentes ações dos EUA para bloquear ainda mais Caracas.

Em particular, ele considerou os anúncios para lançar a maior operação antidrogas em 30 anos com o objetivo anunciado de punir os infratores, totalmente ilógicos, entre os quais os Estados Unidos agora colocam a liderança venezuelana, que rejeita abertamente essas acusações.

Parece que em meio à pandemia de Covid-19, os Estados Unidos não têm outra coisa para gastar seu tempo, disse Zajarova, referindo-se claramente à situação epidemiológica catastrófica no país do norte, onde ontem mais de mil pessoas morreram de SARS CoV-2.

A ideia do golpe na Venezuela permanece fixa na mente de muitos políticos nos Estados Unidos, disse a porta-voz, que também atacou o bloqueio da ajuda do Fundo Monetário Internacional à Venezuela e o assédio aos líderes desse país sul-americano.

A Rússia se une aos apelos de personalidades da ONU, do Conselho de Direitos Humanos e de várias nações do mundo para acabar com o preconceito político e promover a cooperação entre todos os estados contra os estragos da pandemia no mundo.

Zajarova ressaltou que mesmo na Venezuela surgem propostas da própria oposição para unir esforços para combater os efeitos do Covid-19.

A porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia lembrou as ligações feitas pelo presidente Vladimir Putin na recente cúpula do Grupo dos 20 em um sistema de videoconferência, onde ele propôs a criação de uma área verde para o fornecimento de ajuda humanitária e necessidades básicas.

Putin defendeu uma moratória sobre a aplicação de sanções no mundo durante a luta contra a pandemia, uma vez que é uma questão estritamente humanitária salvar vidas, algo que deve ser despojado de qualquer consideração ou preconceito político, destacou. Nesse sentido, o porta-voz destacou a participação da Rússia nas negociações da ONU, junto com outras nações, para tornar realidade a moratória acima mencionada.

 

                        http://www.patrialatina.com.br/russia-rejeita-manobras-politicas-dos-eua-contra-a-venezuela/

 

 
3562

Fotos popular