Pravda.ru

Notícias » Ciência


Khamenei: Os EUA deslocam Daesh ao Afeganistão para justificar a presença militar na região

01.02.2018 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Khamenei: Os EUA deslocam Daesh ao Afeganistão para justificar a presença militar na região. 28141.jpeg

Líder: Os EUA deslocam Daesh ao Afeganistão para justificar a presença militar na região

Pars Today- Líder da Revolução Islâmica, aiatolá, Seyed Ali Khamenei expressou o seu pêsame a morte de civis afegãos em ataques terroristas de Daesh, sublinhando que os Estados Unidos estão deslocando o grupo terrorista do Oriente Médio para o país do Sul da Ásia para racionalizar sua presença militar na região.

Ao transferir o grupo terrorista Daesh do Iraque e da Síria para o Afeganistão, os EUA procuram "justificar a continuação da sua presença na região e criar segurança para o regime sionista", afirmou nesta terça-feira o aiatolá Khamenei.

Os EUA e seus aliados invadiram o Afeganistão sob o disfarce da guerra contra o terror. Cerca de 17 anos, o grupo militante local , o Talibã apenas impulsionou sua campanha de violência em todo o país, procurando massacrar civis e forças de segurança em ataques sangrentos.

Mais recentemente, Daesh também aproveitou o caos e estabeleceu uma posição no leste e no norte do Afeganistão. O grupo takfiri intensificou também seus ataques de terror no país devastado pela guerra, apesar da presença de milhares de tropas estrangeiras.

Tocando o massacre de centenas de pessoas nas mãos de terroristas de Daesh no Afeganistão nos últimos meses, o líder afirmou: "As mesmas mãos que criaram Daesh como uma ferramenta para oprimir pessoas na Síria e no Iraque e realizar crimes contra eles estão buscando hoje transferir Daesh para o Afeganistão depois das derrotas nestes países".

Os recentes assassinatos no Afeganistão, segundo o líder, representam um estágio inicial desse esquema. "Para os terroristas apoiados pelos EUA, não diferentes [muçulmanos] xiitas e sunitas, e os civis, incluindo os xiitas e os sunitas, são os seus alvos", acrescentou aiatolá Khamenei.

Ele descreveu os americanos "como a principal fonte de insegurança no Afeganistão", acrescentando que os proxies de Washington estiveram envolvidos direta ou indiretamente nos assassinatos perpetrados no país nos últimos 20 anos em nome da religião. Os norte-americanos, disse ele, querem avançar suas próprias agendas políticas e econômicas através de desestabilizar o Afeganistão. Os EUA também buscam manter os governos e as nações regionais ocupados com seus próprios problemas, de modo que não possam pensar em contrariar o sionismo, enfatizou o  Líder.

Fonte

 

 
3039
Loading. Please wait...

Fotos popular