Pravda.ru

Notícias » Federação Russa


Explosões em Uzbequistão

30.03.2004 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

No dia 29 de Março, três pessoas morreram e vinte foram feridos depois duma explosão num supermercado para crianças, perpetrado por uma bombista-suicida, o primeiro caso no país. Um polícia foi morto a tiro numa troca de fogo com o alegado terrorista quando este fugiu de automóvel.

Outro terrorista matou-se quando o seu cinto explodiu no Distrito de Romitansky, Região de Bukhara. Ilhom Zakirov, porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Uzbequistão, disse que tinha havido detenções.

Hoje, dia 30, houve mais explosões, um perto dum posto da polícia de trânsito na região de Tashkent. Depois da explosão, um bando de criminosos começou a disparar contra os polícias. Morreu um polícia e um civil.

Neste momento, os criminosos estão encurralados numa casota, que está rodeada por forças especiais, que está conduzindo a operação para os liquidar.

Interfax traz um relatório da explosão duma carrinha perto da Barragem de Charvakskoe, perto de Tashkent – se tivesse rebentado a barragem, o Mar de Charvaskoe teria inundado Tashkent.

O Procurador-geral Rashid Kadirov disse que foram detidos 11 suspeitos e 2 toneladas de explosivos. Presidente Islam Karimov afirmou na TV hoje que os ataques terroristas tinham sido planeados durante seis meses e que foram iniciados na véspera no feriado muçulmano, Navruz.

Karimov culpou o grupo terrorista Hizb-ut-Tahrir (Partido Islâmico de Libertação). No entanto, este grupo afirmou a partir da sua sede em Londres que “não estamos ligados a acções terroristas, violentas ou militares”.

O Centro anti-Terrorismo da CEI afirmou que o Partido Islâmico de Uzbequistão, antigamente Movimento Islâmico do Uzbequistão, tem ligações com Al-Qaeda e pode ser o culpado.

As fronteiras com Cazaquistão e Tajiquistão foram fechadas hoje.

Fonte: Agências Composto por:

Andrey NESTEROV PRAVDA.Ru

 
1969
Loading. Please wait...

Fotos popular