Pravda.ru

Notícias » Federação Russa


Por que São Petersburgo é considerada a capital cultural da Rússia?

29.09.2019 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Por que São Petersburgo é considerada a capital cultural da Rússia?. 31823.jpeg

Por que São Petersburgo é considerada a capital cultural da Rússia?

 

 

Legion Media

Costumava ser a cidade mais importante da Rússia e, mesmo depois de conceder o status de capital a Moscou, continua sendo um lugar admirado e amado por todos.

Por três anos consecutivos - de 2016 a 2018 -, a mesma cidade ganhou o prêmio internacional do World Travel Awards por "Principal destino cultural do mundo": São Petersburgo, no norte da Rússia. Desse modo, o júri tem reconhecido regularmente a cidade do rio Nevá como capital cultural de todo o mundo, e não apenas da Rússia.

Os moradores de São Petersburgo são um tanto blasé sobre essas coisas e encaram como uma obrigação. "Capital cultural é o antigo rótulo dado a São Petersburgo. E é bom que isso tenha sido reconhecido pela comunidade internacional", disse Olga Fedortchenko, chefe da associação de guias e intérpretes de São Petersburgo, ao comentar o primeiro Prêmio WTA, em 2016. De fato, a cidade às margens do Nevá foi declarada a capital cultural da Rússia apenas 20 anos atrás.

 

Getty Images

Batizado por Iéltsin

Foi Boris Iéltsin, em 1997, que chamou São Petersburgo de "capital cultural da Rússia" pela primeira vez. Ele o fez enquanto entregava o quinto canal da Central Television, historicamente alocado em São Petersburgo, para o canal Kultura [Cultura], em Moscou. "Ele deve ter se sentido desconfortável e quis dizer algo agradável", diz o historiador Lev Lurie, em tom de ironia ironicamente. Seja como for, a frase foi cunhada e se tornou a marca da cidade.

Mas é realmente incomum para os padrões europeus: é raro que um país no velho continente tenha uma "capital cultural" independente. Por exemplo, Londres, Roma ou Paris são as capitais da Inglaterra, Itália e França em todos os sentidos da palavra, incluindo em número e qualidade de teatros, museus, exposições e outras atrações culturais. Então, por que, na Rússia, São Petersburgo tem essa força própria?

Legado imperial

Entre 1712 e 1918, a cidade de São Petersburgo, fundada por Pedro, o Grande, em 1703, foi a capital da Rússia em todos os sentidos da palavra. Os imperadores da dinastia Romanov viviam na grandiosa cidade, o mais geograficamente próxima da Europa, e a partir dali governavam o país. A cidade foi construída no momento em que a Rússia se transformava em uma potência europeia e, assim, tornou-se símbolo de transformação e de virada da Rússia para a cultura ocidental.

"São Petersburgo, uma das cidades mais bonitas do mundo, deve sua excelência arquitetônica não apenas aos arquitetos russos, mas também franceses e italianos. Eles criaram obras de arte intrínsecas a São Petersburgo e ficaram aqui pelo resto da vida", escreve a filóloga Irina Arnold em seu ensaio Identidade do Povo de São Petersburgo.

A São Petersburgo Imperial era um ímã para pessoas talentosas e ambiciosas de todo o país, portanto, a cidade se beneficiou mais do surto cultural nos séculos 18 e 19. "Todos os escritores, poetas, pintores, arquitetos e compositores notáveis, mais cedo ou mais tarde, acabaram na capital", disse Elena Bobrova, jornalista e guia da empresa de passeios Peterswalk ao Russia Beyond. "Eles trabalhavam aqui, sofriam aqui (como Dostoiévski, por exemplo) e desfrutavam de sua fama aqui. Monumentos, edifícios e placas memoriais - tudo lembra pessoas de destaque na história russa."

Ler no original e na íntegra

http://www.revistapelomundo.com.br/por-que-sao-petersburgo-e-considerada-capital-cultural-da-russia/

 

Foto: By Alex 'Florstein' Fedorov, CC BY-SA 4.0, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=20517951

 

 
4537
Loading. Please wait...

Fotos popular