Pravda.ru

Notícias » Federação Russa


Desastres: Chechenas suicidas?

27.08.2004 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Os cães cobardes terroristas chechenos já há muito tempo utilizam mulheres suicidas para fazer seus actos de terrorismo, já que seus homens não prestam para enfrentar as forças russas. Terá acontecido isso no caso dos dois aviões russos que despenharam na terça-feira?

Começa a circular boatos de duas mulheres suicidas que rebentaram bombas nas casas de banho dos dois aviões e que um sinal SOS foi emitido pelos dois pilotos. No entanto, apesar de todos os ataques que chechenos têm feito contra russos e russas (adultos e crianças e bebés), há que ter calma e sangue frio, e verificar os dados quando aparecem, e não criar notícias falsas.

Quem lê a imprensa estrangeira fica confuso, pois as informações são contraditórias. As investigações levam tempo a se realizarem e para quem é jornalista, há que esperar este tempo até que sejam terminadas com paciência e responsabilidade.

Pode ser que chechenos ou chechenas foram responsáveis por estes ataques cobardes. Não seria a primeira vez e infelizmente, não deve ser a última. Onde há droga, há dinheiro. Onde há tráfico de armas, há dinheiro e onde há terrorismo, há dinheiro e a questão chechena, apesar dos muitos esforços dos EUA para provar ao contrário, é isso: negócios e dinheiro.

Não tem nada a ver com liberdade, não tem nada a ver com rebeldes contra Moscovo porque Chechénia foi sempre, é, e sempre será, parte da Rússia, pelo menos na história moderna do país. Foi para isso que a população na sua vasta maioria votou no ano passado no referendo e é isso que a vasta maioria da população quer hoje.

Pode ser que Amanta Angayeva foi a responsável pelo despenho do TU-134 em Tula (foi uma passageira, residente em Grozny, que estava no voo e cuja família ainda não contactou as autoridades…e cujo corpo ainda não foi encontrado). Será que ela entrou no avião?

Pode ser que a passageira no TU-154, de sobrenome Dzhebirkhanova, a única cujos parentes ainda não contactaram as autoridades, seja a autora dum acto de terrorismo no outro avião que caiu em Rostov-an-Don. Sergei Ignatchenko, porta-voz do FSB, declarou à imprensa hoje que foram encontrados vestígios de explosivos (hexogénio, aliás Cyclotrimethylentrinitramin) nos destroços deste avião.

Se bem que houve já uma declaração de responsabilidade por estes actos por um grupo terrorista, chamado Brigada de Istanbul, via Internet, as autoridades russas não vão comentar porque não há provas. Mas pode ser que não também. Basta de especulação e falsas notícias. Os factos saber-se-ão depois dum teste exaustivo e devidamente executado das caixas laranjas.

Timofei BYELO PRAVDA.Ru

 
2714
Loading. Please wait...

Fotos popular