Pravda.ru

Notícias » Federação Russa


Autoridades de Qatar prendem três russos

26.02.2004 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

O Embaixador de Qatar na Federação Russa, Senhor Al-Kubeisi, foi chamado ao MRE da Federação Russa em Moscovo, onde o Ministro das Relações Exteriores, Igor Ivanov, reclamou contra a detenção de cidadãos que estavam em Qatar legalmente e que eram ligados à Embaixada da Federação Russa.

Respondendo à acção de prender três cidadãos russos em Qatar, acusados da morte de Yandarbaiev, Igor Ivanov disse ao Embaixador de Qatar: “Na noite de 18 de Fevereiro em Doha, as forças especiais prenderam três cidadãos russos numa viagem de negócios na Embaixada da Rússia, com o uso de armas de fogo e força brutal. Estes cidadãos, um dos quais tem passaporte diplomático, eram ligados à Embaixada e estavam em Qatar legalmente”.

Acrescentou que “Estavam a analisar informações relativamente ao combate contra terrorismo internacional, suas acções correspondendo perfeitamente com os esforços da coligação de nações contra o terrorismo, detectando fontes e canais de financiamento e outros mecanismos de apoiar organizações de terroristas”.

As autoridades de Qatar violaram a lei internacional: não informaram a Embaixada Russa sobre suas acções; durante sete dias ficaram isolados sem receber representantes da Embaixada. Por isso, a Rússia está a tomar medidas para rectificar a situação. Um dos presos já foi libertado e está na Embaixada.

Os outros dois cidadãos, que a Federação Russa irá proteger, são acusados de assassinar o terrorista Zelimkhan Yandarbaiev.

Estes cidadãos são inocentes e não tiveram qualquer parte neste acto, por isso as acusações de Qatar são falsos e são uma provocação.

Quanto a Yandarbaiev, ele estava na lista da ONU como um dos mais perigosos terroristas internacionais, depois das suas acções bárbaras contra civis russos. Tinha ligações com Al-Qaeda e por essas razões de acordo com a legislação da ONU, todos os estados têm obrigação de levá-lo a tribunal ou então entregá-lo ao país onde cometeu seus crimes.

Este elemento foi responsável por centenas de mortes na Rússia e Moscovo já miutas vezes pedia às autoridades de Qatar a entregá-lo. Um dos actos terroristas foi a chacina no Centro de Teatro de Dubrovka em Moscovo, que Yandarbaiev supervisionou a partir de Qatar.

As autoridades de Qatar deixaram Yandarbaiev comunicar com outros terroristas, violando suas obrigações internacionais.

Yegor BELOUS PRAVDA.Ru

 
2467
Loading. Please wait...

Fotos popular