Pravda.ru

Notícias » Federação Russa


MNE Russo sobre visita do MNE de Canadá à Rússia

25.11.2002 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

PERGUNTA: Em relação com a próxima visita do chefe da diplomacia canadiana William Graham a Moscovo, agendada para os dias 25 e 26 de Novembro pedimos que o Sr. nos comente o estado actual e as perspectivas das relações russo-canadianas.

A.YAKOVENKO: A visita de trabalho do ministro dos Negócios Estrangeiros do Canadá William Graham dá a continuidade ao intenso diálogo político que testemunha que as relações entre a Rússia e o Canadá evoluem progressivamente para o nível da parceria madura. O programa da visita inclui as conversações em pleno formato no Ministério dos Negócios Estrangeiros da Rússia, na Duma de Estado (Câmara Baixa do Parlamento russo) e no Conselho da Federação (Câmara Alta do Parlamento), tendo como tema central a interacção bilateral na consolidação da segurança internacional, na atenuação da tensão regional.

O Canadá intervém como importante parceiro da Rússia no palco internacional. Os dois países situam-se em posições muito próximas, e até mesmo convergentes, no que concerne aos problemas internacionais e regionais. Outro factor que favorece o nosso diálogo é a visão comum quanto ao papel-chave da diplomacia multilateral e das organizações internacionais - e em primeiro lugar da Organização das Nações Unidas - na solução de complicados e intrincados problemas mundiais. São igualmente convergentes as ópticas dos dois países no que respeita à manutenção da estabilidade estratégica no mundo. Trata-se dos problemas da desmilitarização nuclear, do reforço do regime de não-proliferação e não-militarização do Espaço.

A Rússia e o Canadá juntam os seus esforços na luta contra o terrorismo internacional. A liderança canadiana condenou veementemente o último acto terrorista em Moscovo, propôs à Rússia toda a ajuda e assistência necessárias, manifestou a sua solidariedade com o posicionamento da liderança russa. Continua o trabalho com vista a criar um leque de mecanismos bilaterais de coordenação dos esforços na contraposição a novos desafios globais e, em primeiro termo, provenientes do terrorismo internacional e da criminalidade transnacional.

Outra e nova direcção importante da cooperação é o formato bilateral do trabalho no sentido de materializar a iniciativa da Parceria Global na prevenção da proliferação de armas e materiais de extermínio em massa, ideia essa aprovada na cimeira dos "Oito Grandes" em Kananaskis, em Junho de 2002.

PERGUNTA: E as relações bilaterais nos domínios económico e comercial que lugar ocupam na parceria russo-canadiana?

A.YAKOVENKO: O Canadá é o nosso parceiro tradicional e de longa data na área económico-comercial. Em 2001, o comércio entre os dois países traduziu-se em 420,4 milhões de dólares. Os investimentos canadianos na economia russa ultrapassaram 119 milhões de dólares. Por isso, nas próximas conversações figura todo o espectro dos problemas actuais da interacção económico-comercial entre a Rússia e o Canadá. Especial atenção será dispensada à concretização da vertente económica do Plano de Acções bilateral aprovado em Fevereiro de 2002 durante a visita da chamada "Selecção Canadiana" à Rússia, com o Premier Jean Chretien à frente. Outro item de destaque será a preparação da 6.ª sessão da comissão económica intergovernamental russo-canadiana marcada para o primeiro trimestre do ano de 2003. Por isso, dentro do protocolo da visita de William Graham está planeado o encontro dos co-presidentes desta comissão para detalhar mais a problemática económica.

PERGUNTA: Serão abordados nas conversações os assuntos relacionados com a cooperação russo-canadiana no Árctico?

A.YAKOVENO: Os dois países são vizinhos na área árctica e têm as condições geográficas e climatéricas parecidas. Evidentemente, o tema da cooperação na região árctica figura na agenda das conversações, tendo como contexto o desenvolvimento ecológico, estável e seguro do Árctico, a solução dos problemas palpitantes da exploração das regiões boreais. A chamada "dimensão setentrional" constitui um dos canais, pelo qual se vão consolidando as relações de amizade entre a Rússia e o Canadá, entre os povos dos dois países.

PERGUNTA: Serão assinados alguns documentos, protocolos ou acordos durante a visita do ministro dos Negócios Estrangeiros canadiano William Graham?

A.YAKOVENKO: Sim. Planeia-se firmar o acordo intergovernamental sobre a assistência do Canadá na liquidação dos arsenais de armas químicas da Rússia, assim como o Memorando de compreensão mútua entre o Ministério de Indústria Atómica da Rússia e o Ministério dos Negócios Estrangeiros do Canadá para a cooperação na área da utilização da energia atómica para fins pacíficos.

© RIAN

 
4787
Loading. Please wait...

Fotos popular