Pravda.ru

Notícias » Federação Russa


Gorbachev critica asperamente Rice por impolidez política

22.09.2008 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Gorbachev critica asperamente Rice por impolidez política
O ex-presidente da URSS, Mikhail Gorbachev, declarou que a Secretária de Estado Condoleezza Rice deveria "usar de maior cautela ao conclamar o Ocidente para posicionar-se contra a Rússia, pois o que ela disse soa "cada vez mais autoritário internamente a seu país e agressivo no exterior."

 "Creio que a secretária de estado deveria ser mais cuidadosa e mostrar mais calma e responsabilidade por seus juízos ao conclamar o Ocidente a unir-se contra a Rússia," disse Gorbachev por meio de um intérprete num encontro com a imprensa mantido na cerimônia da Medalha da Liberdade no Centro Nacional da Constituição, informa a AP.

O ex-lider soviético comentou as observações da Sra. Rice, que afirmou que a administração russa havia infringido a soberania e a integridade territorial da Geórgia. Rice também descreveu a operação da Rússia na Geórgia como ocupação militar e instou com a Europa para que esta se juntasse aos Estados Unidos no empenho para impedir a agressão russa.

O Sr. Gorbachev disse que o presente estado de coisas nas relações entre Rússia e Estados Unidos não pode ser caracterizado como o melhor período, "mas o período passará."

"Os líderes do estado têm que agir e conduzir um diálogo. Não se pode perder uma conexão e preservar a confiança que se originou durante os anos da perestroika. Muito dessa confiança se esvaiu ao longo dos anos, mas ainda remanesce," disse Gorbachev.

Em seu discurso, o Sr. Gorbachev advertiu o mundo da ameaça de uma possível militarização do pensamento político. Avaliando um período histórico de mais de duas décadas, o ex-líder da União Soviética lembrou que o mundo não usou as vantagens advindas com o fim da guerra fria. Milhões de pessoas têm um orçamento de um ou dois dólares por dia e não têm água potável. Sofrem com guerras e sofrem com o fardo da corrida armamentista, acredita Gorbachev.

"Incapazes de encontrar respostas para os desafios globais, os políticos tendem a, em vez disso, usar armas. Não há nada mais absurdo e contrário ao bom-senso," disse o político.

Durante o discurso ele não nomeou nenhum culpado, nem deu mais detalhes a respeito da avaliação dos recentes eventos e do confronto entre a Rússia e o Ocidente o qual, subsequentemente, emergiu como resultado daqueles eventos. "Há escassez de vontade política e de liderança política no mundo de hoje," disse ele.

Gorbachev recebeu a Medalha da Liberdade, que vem com um prêmio de $100.000 dólares, do ex-presidente George H.W. Bush, que era o comandante-em-chefe por ocasião do colapso da União Soviética em 1991. 

"Independentemente das linhas que nos dividem, o Presidente Gorbachev abriu novas possibilidades para o mundo unir-se e resolver seus problemas na procura da liberdade," disse Bush. 

Oitavo líder da União Soviética, Gorbachev transformou o sistema político do país no final dos anos 1980 com reformas que ele compara com as do tempo da Revolução Bolchevique de 1917 "sem os tiros."

As mudanças fundamentais — a perestroika (reestruturação), que reduziu o planejamento centralizado e permitiu aos empreendedores a abertura de cooperativas quase-privadas, e a glasnost (abertura), que permitiu a discussão franca dos problemas sociais — liberaram forças democráticas que levaram ao colapso soviético. 

A energia e o estilo político envolvente de Gorbachev encantaram multidões internamente ao país e alimentaram a "Gorbymania" no exterior.

A Medalha da Liberdade foi criada em 1988 para homenagear pessoas e organizações cujas ações representam os princípios de fundação dos Estados Unidos.

  Tradução da AP Otávio Rodrigues Paes Leme

 

 
4808
Loading. Please wait...

Fotos popular