Pravda.ru

Notícias » Federação Russa


Embaixador dos EUA deixa recado em Moscou sobre o Irã

19.09.2003 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

O embaixador dos Estados Unidos da América na Federação Russa, Alexander Vershbow, declarou hoje na Conferência Internacional de Não Proliferação em Moscou, que os EUA querem que a Rússia descontinue a construção do central nuclear em Bushehr, Irã, até que este país cumpre os requisitos da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA).

Alexander Vershbow declarou ainda que a Rússia e os EUA têm um papel importante em fortalecer a não proliferação de armas e convidou Moscou a ajudar a convencer a República Democrática Popular da Coreia a abandonar os programas de fabrico de armas nucleares.

A resposta de Moscou foi de pedir que Washington não interfira na política externa da Federação Russa. Sergeu Kislyak, Vice Ministro de Relações Externas, declarou à imprensa hoje que “Os nossos colegas norte-americanos compreendem muito bem que não vale a pena pressionar-nos”. Disse ainda que nos pontos de convergência com Washington, Moscou está disposta o colaborar.

No entanto, Moscou está bem capaz de desenvolver a sua política externa sem dicas de qualquer outro país, muito menos os Estados Unidos da América, que violaram a lei internacional com o ataque ilegal e assassina no Iraque, sem consultar os membros do Conselho de Segurança da ONU, como era obrigado como signatário da Carta da ONU.

Washington considera que o central nuclear em Bushehr é destinado a fabricar armas nucleares, ao mesmo tempo que considera o Irã como “patrocinador de terrorismo”. Moscou já negou estas alegações em numerosos ocasiões e endossou a data limite da AIEA para o Irã cumprir as normas, respondendo às preocupações internacionais acerca do seu programa nuclear.

A política externa da Federação Russa é coerente. Não se pode dizer a mesma coisa sobre a dos Estados Unidos da América, infelizmente.

Timofei BYELO PRAVDA.Ru

 
1937
Loading. Please wait...

Fotos popular