Pravda.ru

Notícias » Federação Russa


Discuso duro do Churkin no Conselho da Segurança

19.07.2012 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Discuso duro do Churkin no Conselho da Segurança. 16922.jpeg

Representante Permanente da Rússia na ONU, Vitaly Churkin, esta quinta-feira (19) fez um discurso duro na reunião do Conselho de Segurança.

"Os países ocidentais condenaram a Síria para ficar envolvida na escalada de um conflito armado por causa dos seus próprios interesses geopolíticos, disse Churkin, que representa na ONU a posição da Rússia.

"Ao invés de lidar com insinuações grosseiras contra a política da Rússia que durante todo o conflito nem por um momento foi enfraquecendo os esforços para atingir uma solução política e deu apoio fundamental para o estabelecimento da missão da ONU, Kofi Annan, os membros ocidentais do Conselho que hoje discursaram com as declarações inaceitáveis, indignas, poderiam ter feito pelo menos alguma coisa a fim de facilitar o diálogo entre as partes da Síria, para evitar que a militarização da crise síria, e não para incitar a ativação extremista, incluindo terrorista ", — disse ele, falando na reunião do Conselho de Segurança da ONU.

"Estes fariseus (países ocdentais), cumprindo os seus próprios objetivos geopolíticos que não têm nada a ver com os interesses do povo da Síria, de fato, provocaram a escalada do conflito que atingiu proporções tão trágicas", — disse Churkin.

A Rússia e China bloquearam a adoção no Conselho de Segurança a resolução ocidental sobre o conflito na Síria com o veto. Durante a reunião, o Conselho de Segurança votou a favor da resolução de 11 (Os países que apoiaram a medida foram Estados Unidos, França, Reino Unido, Alemanha, Portugal, Colômbia, Guatemala, Índia, Azerbaijão e Togo) membros do Conselho de Segurança, contra — dois (Rússia e China), e outros dois(Paquistão e África do Sul) se abstiveram, "Interfax".

 
2278
Loading. Please wait...

Fotos popular