Pravda.ru

Notícias » Federação Russa


Posição do MNE Russo sobre visita da Ana Palácio à Rússia

17.02.2003 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

PERGUNTA: Na véspera da visita a Moscovo da chefe da diplomacia espanhola, Ana Palácio, poderia comentar o actual nível de contactos entre a Rússia e Espanha?

YAKOVENKO: Nos últimos anos, tem vindo a crescer a intensidade das relações russo-espanholas, tendo estas alcançado o nível de parceria eficiente. Os dirigentes dos dois países mantêm contactos pessoais regulares, tendo o diálogo político sido uma parta inalienável da cooperação bilateral.

Em 2000-2002, foram efectuadas as visitas a Madrid do Presidente da Rússia, Vladimir Putin, e do primeiro-ministro, Mikhail Kassianov, enquanto que o chefe do Executivo de Espanha, José Maria Aznar, e o Rei da Espanha, Juan Carlos visitaram duas vezes a capital russa. Em Moscovo esteve também o príncipe herdeiro Filipe.

Em geral, podemos constatar o desenvolvimento estável das relações económicas, estimando-se as trocas comerciais em 1,5 mil milhões de dólares. A balança comercial caracteriza-se pelo saldo positivo para a Rússia, embora se tenham delineado as tendências de equilíbrio. Os investimentos espanhóis na Rússia avaliam-se em quase 100 milhões de dólares.

Uma grande atenção tem sido dispensada à modernização e ao aperfeiçoamento do quadro jurídico-contratual, tendo as partes assinado, desde 2000, seis acordos interestatais e intergovernamentais nas áreas de navegação, transportes rodoviários, cultura, ciência e tecnologias. Foram igualmente firmados vários protocolos intergovernamentais e interdepartamentais.

Tornam-se cada vez activos as relações entre deputados dos dois países, tendo sido formados, nos respectivos parlamentos, os "grupos de amizade". Desenvolve-se ainda a interacção dos departamentos, sobretudo, no combate ao crime e na liquidação de consequências de situações de emergência. Está a ampliar-se a cooperação militar. PERGUNTA: Que importância terá a actual visita de Ana Palácio a Moscovo? Qual será leque de temas a debater nas conversações agendadas?

YAKOVENKO: As conversações entre o ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, Igor Ivanov, e a chefe da diplomacia espanhola, Ana Palácio, serão dedicadas à discussão das questões-chave da agenda do Conselho de Segurança da ONU, do qual faz parte a Espanha, a título de membro não permanente.

Naturalmente, será debatida em pormenor a situação em torno do Iraque, tomando em conta as decisões tomadas a respeito pela cimeira extraordinária da UE em Bruxelas.

Os ministros examinarão ainda a situação no Médio Oriente e a questão do programa nuclear da Coreia do Norte. Entre outros temas há que destacar a cooperação Rússia-UE, o problema da região de Kaliningrado (enclave russo no litoral do Báltico), as relações Rússia-NATO e a regularização no Sara Ocidental. Planeia-se analisar também o estado e as perspectivas das relações russo-espanholas, o programa de contactos políticos a nível mais alto e alto e, em particular, a agenda da visita a São Petersburgo do Príncipe Felipe de Asturias, herdeiro do trono espanhol.

Serão igualmente examinadas as actuais tarefas de actualização do quadro jurídico-contratual, bem como as metas referentes à intensificação das relações nas áreas económica e de investimentos, inclusive os preparativos para realização em Madrid, no ano corrente, da IV Sessão da Comissão Intergovernamental. Além disso, serão discutidas perspectivas de desenvolvimento do dialogo intergovernamental e realização de consultas regulares entre os MNE dos dois países. Tem-se em vista a discussão dos temas relacionados com a interacção na luta contra o terrorismo internacional no contexto da comunhão das abordagens para com estes desafios da época contemporânea.

© RIAN

 
3800
Loading. Please wait...

Fotos popular