Pravda.ru

Notícias » Federação Russa


Reforma administrativa de Putin realça fraquezas na direita

16.09.2004 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

O Conselho Político da União das Forças da Direita demonstrou os problemas que este ideal tem na Rússia de hoje. Cada um diz uma coisa diferente. Parece um caleidoscópio político.

Gleb Pavlovsky (analista político afecto à UFD): “Ainda não ouvi criticismo construtivo das idaias do Presidente”.

Nikolai Travkin: “Não conseguimos introduzir a democracia e o mercado livre duma vez só, e por isso devemos começar agora do zero”.

A repetir a porcaria de Eltsin e Eltsinismo?? Rússia não tem democracia? Então o quê é feito dos processos eleitorais federais e nacionais?

Vladimir Putin não foi eleito democraticamente? Claro que foi e com a grande e esmagadora maioria da população da Federação Russa.

O problema é o seguinte: a Federação Russa é mais continente que país, tem muitas nacionalidades e muitos recursos e esta situação está a ser aproveitado por interferências estrangeiras. Vamos mais longe e não vamos fugir à verdade.

Os Estados Unidos de Rumsfeld, Cheney e Bush não fazem hostilidade aberta à Federação Russa mas não haja dúvidas que tentam aproveitar da qualquer problema eventual e a fomentar nacionalismo anti-Moscovo nas regiões. Por isso mesmo, e principalmente por isso, a Federação Russa precisa dum controlo mais eficaz e esse controlo vem do Kremlin.

Se Vladimir Putin é o Presidente eleito, e com a grande maioria dos votos, tem o sufrágio do seu povo a seu favor e tem o direito de proteger os interesses do país, que zela pela cooperação internacional baseada na utilização do Conselho de Segurança da ONU.

Vladimir Putin não é extremista, é pragmático e é a esperança para a Federação Russa e para os cidadãos da Federação Russa, para que o país fique inteiro e unido e não disperso e colonizado.

Mais nada.

Timofei BYELO PRAVDA.Ru

 
1896
Loading. Please wait...

Fotos popular