Pravda.ru

Notícias » Federação Russa


Político dá opinião sobre governo da Rússia

16.04.2004 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Qual é a sua posição sobre a demissão do governo pelo presidente pouco antes das eleições?

Reajo negativamente. Foi uma manobra de relações públicas, sabe? O argumento que o presidente utilizou foi fraco.

É muito estranho encontrar novos ministros para preencher todas aquelas posições em apenas poucos dias, mesmo sem o apoio do novo primeiro-ministro. Não acontece em países civilizados. Com certeza vamos pagar o preço desta pressa toda porque seria ingénuo a gente acreditar que esses novos ministros vão começar a resolver assuntos importantes num futuro próximo. Vão precisar de meses para formular os seus planos.

Então foi uma operação cosmética e desastrosa?

Putin poderia ter tido sucesso se tivesse apontado um primeiro-ministro que percebe algo de economia, uma pessoa com grande experiência. Em vez disso, nomeou uma pessoa com uma lista modesta de apenas algumas qualidades, que terá muita dificuldade em fazer algo das indústrias e agricultura em colapso.

Outra coisa – se o programa do governo não muda, como disse o primeiro-ministro, então por quê mudar o governo?

Por quê é que tem uma atitude tão negativa perante o novo governo? Parece muitas nações europeias

Primeiro, nem todos os países na Europa têm tão poucos ministérios como nós e segundo, ao contrário do resto da Europa, nós estamos numa fase de transição, temos um território vasto e uma maior população. Terceiro, não se compreende a lógica da fusão dos ministérios de agricultura e pescas, cultura e educação, transportes e comunicações…

Liquidam-se agências de defesa quando o presidente diz que quer re-equipar as forças armadas de emergência. O Ministério de Potência Atómica se torna apenas numa agência, numa altura em que o aumento dos preços é o factor mais importante na próxima década.

Qual é a sua opinião acerca dos oficiais deste governo? Já falei sobre o primeiro-ministro. Infelizmente, nem todos os ministros são profissionais nas suas áreas de actuação e é alarmante o número de residentes em São Petersburgo no novo governo…porém alguns têm potencial.

Outro assunto, a maioria dos antigos ministros ficaram nos seus ministérios, como vice-ministros…assim o poder permanece nas suas mãos.

Haverá outra demissão após a tomada de posse oficial do Presidente em 7 de Maio – o presidente irá substituir alguns dos ministros e fazer correcções.

O novo primeiro-ministro já começou a surpreender-nos com as suas decisões – a última das quais foi deixar cada ministro com apenas dois assistentes. Por quê? O que resolve isso?

Pyotr ERMILIN PRAVDA.Ru

 
2765
Loading. Please wait...

Fotos popular