Pravda.ru

Notícias » Federação Russa


Putin aponta Czar contra o terrorismo

15.10.2004 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Vladimir Putin assinou o decreto-lei “Acerca do Enviado do Presidente da Federação Russa sobre os assuntos da cooperação internacional na luta contra o terrorismo e o crime organizado transnacional”. O decreto implica uma nova posição oficial: o plenipotenciário presidencial para assuntos relacionados com a cooperação internacional na luta contra terrorismo. Anatoly Safonov, agente especial profissional, ex-primeiro vice-director do Serviço de Segurança Federal, FSB, foi nomeado para o lugar. Até agora era o Ministério de Relações Exteriores que tinha a responsabilidade para esta área.

Numa entrevista com Izvestia, Anatoly Safonov disse que “O desenvolvimento dum curso de acção político decisivo na luta contra terrorismo e crime transnacional obriga a coordenação de todos os departamentos quer na Rússia, quer no estrangeiro, com o apoio dos nossos parceiros internacionais”.

“Perante uma questão tão vasta, fazer uma abordagem com um só departamento seria perigoso porque o desafio de terrorismo vai durar por muito tempo e nem o Ministério, nem o Estado, podem lutar contra este desafio sozinhos”.

Anatoly Safonov nasceu no dia 5 de Outubro de 1945 na região de Krasnoyarsk, tendo-se formado do Instituto Politécnico de Krasnoyarsk em 1968 como engenheiro dos caminhos-de-ferro e depois nos cursos da KGB em 1970.

Fez missões especiais entre 1968/9 no Extremo Norte, Yakutia e Chukotka e em 1970, foi nomeado oficial de inteligência no departamento da KGB em Krasnoyarsk.

Em 1992, foi nomeado ministro-adjunto de segurança e dois anos mais tarde, foi primeiro vice director do FSB e depois, vice director do FSB. Em 1997, foi Presidente da Comissão de Segurança da União da Rússia e Bielo-Rússia.

Depois, como ministro-adjunto das relações exteriores, foi responsável pela luta contra o terrorismo e crime organizado. No dia 13 de Agosto, foi demitido durante o processo de reduzir o número de vice-ministros no MRE, na reforma administrativa.

Nikolai Leonov, Deputado da DUMA estatal, Tenente-General da KGB em tempos soviéticos, comentou na nomeação de Safonov: “Eu acredito que foi uma decisão correcta nomear Anatoly Safonov – ele é um verdadeiro profissional. Começou a trabalhar na KGB como oficial e acabou sua posição neste organismo como Presidente as administração da KGB na região de Krasnoyarsk. Foi nomeado ministro-adjunto no Ministério das Relações exteriores devido às suas qualidades pessoais, seu profissionalismo e seu intelecto”.

Ilya TARASOV PRAVDA.Ru

 
2601
Loading. Please wait...

Fotos popular