Pravda.ru

Notícias » Federação Russa


Década de Putin: Os russos estão orgulhosos de novo

14.04.2010 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Recentes estudos de uma fonte credível, um centro de investigação russo, aponta para o fato de que Vladimir Putin respeitou a sua promessa de dez anos atrás, para recolocar a auto-confiança dos russos para a Rússia. A confiança dos russos no crescimento e aumento de poder de seu país é evidente.


A pesquisa foi realizada pelo Centro Levada e lançada num relatório escrito por Lev Gudkov, intitulado "Vestnik obshchestvennogo mneniya", no qual a investigação sobre como os russos vêem o seu país é revelada.


O que é óbvio é o fato de que a promessa de Vladimir Putin para entregar a confiança no país foi atingida em pleno. Considerando que, em 1999, apenas 14 por cento dos russos consideravam que seu país fosse uma grande potência, enquanto 72 declararam que não era (o legado de Eltsin), o valor em 2008 foi de 76 por cento declarando que a Rússia é uma grande potência e apenas 19 dizendo que não era.


Quanto ao desenvolvimento da Rússia em comparação com outros países, em 2008, apenas 29 por cento declarou que a Rússia estava atrás de outros países desenvolvidos, enquanto em 2000, 50 por cento daqueles que tomam parte na pesquisa de opinião concordaram com a afirmação.
A pesquisa também revela que um número crescente de russos consideram que seu país está entre o grupo da frente das nações e que está-se desenvolvendo bem.


Entre os fatores considerados importantes para ganhar respeito na comunidade internacional, foram mencionados os seguintes: um elevado nível de bem-estar dos cidadãos, um elevado nível de desenvolvimento da ciência e da tecnologia, a força militar e armas nucleares, os direitos humanos, cultura altamente desenvolvida e recursos naturais.

 
A verdade é que a Federação da Rússia, o epicentro da União Soviética, teve que repensar seu papel e re-jogá-lo de uma década para a outra. Assim como outras nações, com a alteração das circunstâncias geopolíticas, isso levou tempo, mas no caso da Rússia, pouco mais de dez anos, porque a autoridade central do Estado foi re-imposta rapidamente depois que ficou aparente que nem todos os intervenientes da comunidade internacional estavam dispostos a ajudar Rússia, mas em vez disso, disputavam os seus recursos.


Com Putin veio o adágio "recursos russos para a Rússia e os russos", e as centenas de bilhões de dólares a partir destes pertencem legalmente ao Governo central para distribuir como bem lhe apetecer. O caminho para a frente é para a Rússia seguir caminho, com base nos grandes avanços e vitórias alcançadas pela União Soviética, quando Moscou reuniu os seus recursos com os seus vizinhos e distribuiu a sua riqueza e conhecimento pelo mundo fora.


Nenhuma outra nação fez progressos tão vibrantes e heróicos em 90 anos como a Rússia / URSS / Federação da Rússia e uma grande parte do fator Bem-Estar para os russos hoje é baseado no facto que estão-se sentindo bem com o seu passado soviético, aceitando-o como parte de sua história (como todas as nações, havia aspectos positivos e negativos da mesma), e assumindo e digerindo o mau junto com o respeitar e ter orgulho dos muitos pontos bons.

Como qualquer outra nação em qualquer outro lugar na Terra, os russos têm os mesmos valores que tem qualquer outra pessoa. E a década de Vladimir Putin no poder fez com que esses valores sobressaíssem.


Timothy BANCROFT-HINCHEY
PRAVDA.Ru

 
3524
Loading. Please wait...

Fotos popular