Pravda.ru

Notícias » Federação Russa


Astronauta brasileiro Marcos César Pontes fala sobre Rússia

14.03.2006 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

O primeiro astronauta brasileiro, o tenente-coronel Marcos César Pontes, disse nesta terça-feira se sentir "triste" por deixar a Rússia, enquanto seus companheiros na viagem rumo à Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês), no próximo dia 30, disseram que darão as boas vindas ao primeiro europeu a se integrar a uma missão de longa duração na estação.

"Agora que o meu treinamento está quase terminado, me sinto feliz por minha próxima viagem ao espaço, mas também tristeza, pois meus amigos ficarão aqui", disse Pontes durante entrevista coletiva conjunta na Cidade das Estrelas, uma pequena localidade situada em um bosque perto de Moscou, onde treina desde o fim do ano passado.

"Conheci pessoas formidáveis na Rússia e não quero deixá-las", explicou. O astronauta, que falou em inglês, admitiu no entanto que teve "algumas dificuldades com o idioma russo" durante seu treinamento.

"A princípio não entendia nada de russo, mas agora começo a entender", afirmou. "Antes da minha viagem para a Rússia me advertiram que precisava enfrentar o inverno russo", destacou. "Quando cheguei, em setembro passado, não fazia muito frio. Mas depois de uma viagem aos Estados Unidos, ao voltar para a Rússia em janeiro com menos 27º C , compreendi o que era sentir frio."

No dia 30 de março, Pontes viajará à Estação Espacial Internacional com os integrantes da 13ª expedição da ISS, o russo Pavel Vinogradov e o americano Jeffrey Williams a bordo de uma nave Soyuz.

Sua volta à Terra está prevista para 9 de abril, juntamente com os integrantes da 12ª expedição, o astronauta americano William MacArthur e o cosmonauta russo Valery Tokarev, que estão na ISS desde outubro de 2005.

Quanto à tripulação que permanecerá nos próximos seis meses na estação, o cosmonauta Vinogradov disse que a chegada do alemão Thomas Reiter, astronauta da Agência Espacial Européia (ESA), em maio, completará "a equipe internacional" de astronautas.

"Nós aguardaremos a chegada do ônibus espacial americano. Nossa estação espacial precisa de três pessoas se quisermos trabalhar adequadamente", acrescentou Vinogradov. "Quando Thomas Reiter chegar, seremos uma equipe internacional, englobando Rússia, Estados Unidos e Europa."

O astronauta alemão, cuja chegada está prevista para maio próximo, se tornará o primeiro europeu a embarcar em uma missão de seis meses na Estação Espacial Internacional (ISS). Até agora, apenas astronautas russos e americanos participavam de missões de longa duração a bordo da estação.

Os europeus só realizaram vôos de 12 dias para a substituição de equipamentos a bordo da estação.

Fonte: Folha Online

 
2756
Loading. Please wait...

Fotos popular