Pravda.ru

Notícias » Federação Russa


Tribunal Europeu de Direitos Humanos apoia separatistas romenos

12.07.2004 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

O Tribunal apoia uma moção para o pagamento duma indemnização de 800.000 Euros a Ilasku, Alexander Lesko, Andrey Ivantos e Tudor Retrov-Popa, enviando um comunicado que Lesko e Petrov-Popa deveriam ser libertados da prisão em Transdniestr.

O governo da Rússia discorda com esta decisão: o Ministério de Relações Exteriores considera que “De acordo com a decisão do tribunal sobre o caso de Ilasku, o governo da Rússia fica confuso com a inconsequência, subjectividade e motivos políticos claros do Tribunal Europeu de Direitos Humanos em Estrasburgo”.

Ilasku tem sido associado com o movimento separatista que causou tanto conflito na região desde o início dos anos 90, que levou à sua detenção e encarceração em 1992. Foi acusado pelo governo de Transdniestr de assassínio de deputados do Conselho Municipal de Tiraspol, de terrorismo e de actividade armada no grupo Bujor, que alegadamente exterminava políticos da oposição.

Foi sentenciado à pena de morte em Dezembro de 1993, sentença que foi alterada à prisão perpétua.

Longe de negar, Ilesku confirmou a sua actividade no assassínio dos deputados, dizendo que era um soldado numa guerra, obedecendo as ordens do governo da Moldova. Libertado da prisão em Maio de 2001, o fascista Ilesku jurou vingar-se da Rússia e foi viver na Roménia, onde se tornou Senador no Partido da extrema-direita Grande Roménia.

E a União Europeia toma o lado dele?

Vasily BUBNOV PRAVDA.Ru

 
1516
Loading. Please wait...

Fotos popular