Pravda.ru

Notícias » Federação Russa


PRAVDA.Ru – o jornal que ninguém esperava

11.10.2003 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Esta história faz parte da história estranha das privatizações durante a época de Eltsin. Em Agosto de 1991, celebrando a sua vitória sobre a GKChP (Comissão Governamental para o estado de Emergência), o então presidente assinou um decreto ilegal suspendendo a publicação do jornal Soviético PRAVDA.

Uns dias depois, alguns membros do Partido Comunista da Rússia que iriam ocupar lugares de destaque no futuro, registaram uma nova edição sob o mesmo nome. Foi então que a era de Gennady Seleznev começou – despediu jornalistas que tinham estado a trabalhar no jornal durante anos, contratados pelo antigo Chefe de redacção, Viktor Afanasev.

É este o padrão utilizado em 15 anos de negócios sujos na transformação da União Soviética por privatização. Hoje em dia, o jornal PRAVDA papel tem poucos leitores e pouco profissionalismo. Por isso as suas vendas caírem em pique.

Não quer dizer que os cidadãos na Rússia não se preocupam com a política e não quer dizer que não haja muita gente com ideias da esquerda. Os partidos da esquerda tiveram muitos sucessos na última década.

Os Editores da versão inglesa da PRAVDA.Ru veêm todos os dias referências a PRAVDA papel e PRAVDA.Ru online como se fossem a mesma publicação. Acontece que PRAVDA papel não tem qualquer rating na tabela internacional enquanto PRAVDA.Ru tem rating de sete – alta qualidade.

A ideologia da PRAVDA papel também é importante – já não é porta-voz do movimento esquerdista na Rússia. Muitas ideias são desrespeitados por este jornal só porque não vão ao encontro daquelas do líder comunista Gennady Ziuganov. A PRAVDA historicamente foi sempre uma órgão de discussão de ideias em público, sendo o estandarte do movimento esquerdista.

Hoje, o Partido Comunista tem uma posição minoritário na PRAVDA papel – a parte controladora pertence a Rosagropromstroy, uma empresa familiar pertencendo aos Vildmans, um peão nas mãos dos oligarcas. Qualquer dia Khodorkovsky ou Potanin podem tomar posse deste grupo, incluindo o jornal PRAVDA papel.

Em 1993, o jornal clonado PRAVDA papel rejeitou um projeto da constituição alternativa do povo russo só porque o Partido Comunista poderia não ter elementos na DUMA através de um voto livre, embora milhões de russos aprovaram o projecto.

Na substituição da velha PRAVDA pelo jornal clonado PRAVDA papel, muito pessoal perderam suas posições. Quando os futuros organizadores do Partido Comunista registaram o novo jornal, esqueceram-se de demitir os jornalistas que trabalhavam na antiga PRAVDA e registá-los como trabalhadores numa nova firma. Centenas de pessoas eram oficial e legalmente pessoal da PRAVDA mas foram despedidas por uma nova companhia que de facto era ilegal.

Por isso nós na PRAVDA.Ru decidimos restituir a verdadeira PRAVDA. Estamos a lutar pela reinstituição do jornal fechado pelo decreto presidencial ilegal, no sentido de juntar todas as forças da esquerda da Rússia nos lados diferentes de opinião e fazer frente às ambições absurdas de alguns poderes.

Assim pretendemos ganhar o direito de publicar também PRAVDA papel, sob a alçada do velho jornal que tanto lutou para impedir a divisão deste grande país. O processo legal está registado no tribunal Tverskoy de Moscovo, em nome do pessoal editorial da PRAVDA.

A primeira edição já saiu, edição esta que ninguém esperava ver, juntando uma versão em papel a nós, o verdadeiro PRAVDA.

Vadim GORSHENIN PRESIDENTE PRAVDA.Ru

 
3560
Loading. Please wait...

Fotos popular