Pravda.ru

Notícias » Federação Russa


Putin sobre os problemas principais da Rússia

10.05.2006 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

"O mais grave problema na Rússia moderna é a demografia", disse Putin em seu discurso anual. De acordo com o líder, a população russa, que gira em torno de 143 milhões de pessoas, perde, em média, 700 mil pessoas por ano. Ele anunciou um programa nacional de 10 anos de incentivo à gravidez, criando novos benefícios para mulheres que tiverem um segundo filho ou abandonarem o trabalho para ser mães.

Putin também falou de política externa, economia e das forças armadas no discurso desta quarta-feira. Muitos esperavam que Putin rebatesse as recentes críticas de Washington ao desempenho da Rússia na área de direitos humanos e de democracia. O presidente russo, no entanto, fez apenas comentários genéricos sobre o assunto. Ele chegou a elogiar a preocupação dos Estados Unidos com a segurança e deu a entender que outros países deveriam seguir o exemplo. "A casa é o castelo deles, parabéns, parabéns, parabéns. Isso significa que devemos construir a nossa própria casa sólida e confiavelmente", disse Putin, destacando que o orçamento militar americano é quase 25 vezes maior que o da Rússia.

No discurso "Estado da Nação" russo, Putin afirmou ainda que a grande questão para o futuro é como integrar a Rússia ao sistema econômico mundial. Ele admitiu a existência de corrupção generalizada na sociedade russa, bem como a desconfiança das grandes empresas e do Parlamento. No entanto, ele ressaltou que a responsabilidade social deve ser o objetivo principal dos empresários russos e dos funcionários do governo.

O presidente russo também pediu uma participação maior da Organização das Nações Unidas (ONU) nas questões mundiais. "Não há dúvidas de que são necessárias reformas. A Rússia, que está participando ativamente nesse trabalho, acredita que elas devem aumentar a eficiência e conquistar o maior apoio possível para a organização." Para Putin, a ONU deveria se transformar em um mecanismo regulador que possibilite a articulação de novas regras, de um novo código de conduta na área internacional, "regras à altura dos desafios dos nossos tempos e que, por isso, são tão essenciais para a globalização".

Segundo "BBCBrasil.com"

 
2256
Loading. Please wait...

Fotos popular