Pravda.ru

Notícias » Federação Russa


O quê é que os Árabes querem mais? Armas russas

08.10.2002 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Há muito que o mundo árabe cobiça um investimento na Rússia. Abriu-se um banco e houve várias tentativas de consolidar um financiamento do mundo muçulmano. Fracassaram todos os esforços, devido em grande parte à actividade diplomática dos EUA. Porém, hoje em dia, a tensão que as acções dos EUA criaram fizeram com que a parte árabe é mais persistente.

A estação de televisão NTV anunciou, citando o jornal Kommersant, que os Emirados Árabes Unidos irão firmar um negócio de 4 bilhões de USD com a Rússia, comprando um sistema novo e revolucionário de defesa aérea da empresa russa Almaz-Antey. Este sistema é um sistema integrada multi-nivelada, contendo sistemas de localização do alvo, comunicações e de fogo, chamado pelos criadores como um sistema da quinta geração. O equipamento deverá ser entregue no final de 2003.

Visto que a questão está em aberto sobre qual será o próximo país a ser atacado pelo Pentágono depois de Iraque, não surpreende que tantos países querem sistemas de defesa aérea russos. São certeiros, fiáveis e baratos e a Rússia é o único país no mundo que tem a capacidade de vender sistemas que se comparam em qualidade com os dos americanos.

Contudo, a Rússia tem uma parceria global com os americanos contra insurgentes muçulmanos e terrorismo islamista. Muitos são os assassinos árabes que operam na Chechenia e muitos são os espiões árabes que abrem mesquitas Vakhabit em áreas onde vivem muçulmanos na Federação Russa, disfarçados de professores ou beneméritos, mas montando simultaneamente organizações extremistas e nacionalistas.

Um influxo de dinheiro proveniente dos árabes poderia encontrar as mãos erradas e acabar financiando os terroristas na Chechenia. Contudo, este dinheiro também serviria para acabar com muitos problemas de tesouraria na Federação. Seria então neste cenário que a parceria global com os EUA não serviria os interesses da Rússia.

Por agora, a Rússia tem a determinação de colaborar com o Irão, no programa de desenvolvimento da energia nuclear e de providenciar aos Emirados um sistema de defesa aérea. O Presidente Putin aprovou o projecto de formar o complexo Almaz-Antey, que é de facto 43 firmas que trabalham na área de defesa, liderado por Viktor Ivanov, Vice-Presidente da Administração Presidencial.

Dmitry SLOBODANUK PRAVDA.Ru

 
2393
Loading. Please wait...

Fotos popular