Pravda.ru

Notícias » Federação Russa


Canção russa Katiucha

08.05.2007 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Canção russa Katiucha

Quem não ouviu a canção Katiucha ?  Em vésperas do dia da Grande Vítória do povo soviético na Segunda Guerra Mundial este poema de Mikhail Issakovski (1900-1973) é, talvez, um dos mais cantados na Rússia.  Por isso, não necessita de grandes apresentações. A tradução é obra de José Sampaio Marinho.
I
Floresciam macieiras e a pereira,
Deslizavam neblinas pelo rio,
Chega à margem Katiucha prazenteira,
À alta margem em declive esguio.
II
Chega e a sua canção com força larga
Sobre a águia real de plúmbea cor,
Fala daquele que ela namorava
E de quem tinha cartas mil de amor.
III
Oh canção, cançãozinha de donzela,
Vai, voa atrás da luz que no céu dança
E ao combatente que no posto vela
Dá de Katiucha tímida lembrança.
IV
Que se lembre da simples rapariga,
Que oiça o seu canto cheio de frescor,
Que defenda o torrão que nos abriga
E então Katiucha lhe dará amor.
V
Floresciam macieiras e a pereira,
Deslizavam neblinas pelo rio.
Chega à margem Katiucha prazenteira,
À alta margem em declive esguio.

 Fonte DaRússia

 
1229
Loading. Please wait...

Fotos popular