Pravda.ru

Notícias » Federação Russa


Acusações contra Iraque sem fundamento

08.02.2003 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

As acusações formuladas ao Iraque sobre as ligações com a "Al-Qaeda" são dificilmente comprováveis - explicitou o ministro da Defesa da Rússia, Serguei Ivanov, no encontro com os jornalistas.

O chefe do departamento militar russo explicou que os materiais apresentados pelos Estados Unidos na reunião do Conselho de Segurança das Nações Unidas mostram as base de treino dos terroristas que se encontram além das zonas controladas pelas autoridades iraquianas.

Observou a este propósito que hoje no mundo inteiro se estão multiplicar as áreas fora do controlo do país em cujo território se encontram. E este problema não é só do Iraque. Nestas zonas - prosseguiu o ministro russo - surgem as bases para capacitar os terroristas, para produzir substâncias tóxicas e outras. "Para hoje, o problema iraquiano resume-se a uma coisa simples: os inspectores internacionais, responsáveis pelo que fazem, têm que dizer claramente se estão satisfeitos ou não com as condições que lhes foram proporcionadas para realizar a sua missão. Se algo lhes impede o exercício correcto da missão, têm que dizer o que lhes falta", disse Serguei Ivanov.

Constatou nada de extraordinário ter ocorrido até agora. "Somos confiantes na missão de inspectores das Nações Unidas e da Agência Internacional de Energia Atómica, mas até agora não temos a resposta convincente sobre se o Iraque possui ou não armas de extermínio em massa. Temos que dar-lhes esta possibilidade". O titular da pasta militar comunicou que é precisamente este assunto delicado é que vai figurar nas suas conversações com o colega norte-americano, Donald Rumsfeld.

Serguei Ivanov reiterou que, neste momento, todas as acusações dos Estados Unidos em relação ao Iraque carecem de fundamento e, por conseguinte, devem ser verificadas. O veredicto final e definitivo cabe, ao final, ao Conselho de Segurança da ONU - concluiu o ministro da Defesa da Rússia, Serguei Ivanov.

© RIAN

 
2006
Loading. Please wait...

Fotos popular