Pravda.ru

Notícias » Federação Russa


Rússia festeja Natal ortodoxo

07.01.2012 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Rússia festeja Natal ortodoxo. 16236.jpegA Rússia festeja no dia 7 de janeiro ou entre hoje e domingo, o Natal ortodoxo porque a Igreja Ortodoxa Russa continua seguir o calendário juliano, criado por Júlio César em 46 antes de Cristo, e não o gregoriano. Para os ortodoxos, o Natal não é uma festa com a importância que ganhou no mundo católico, tendo maior relevância a Páscoa.

A festa do nascimento de Jesus é na Rússia encarada principalmente como uma antecipação da Páscoa. Com o Natal na Rússia acaba o jejum natalício de quarenta dias. A tradição ortodoxa proíbe que, por esta altura, se consuma leite e carnes gordas, pelo que o cardápio baseia-se sobretudo em pratos de peixe, cogumelos e em saladas de vários tipos, por exemplo muito popular é uma salada com couve branca, salgada, e cenoura, cuja confecção demora três a quatro dias. As celebrações religiosas juntarão os fieis ortodoxos russos em mais de 18 mil catedrais, igrejas e 635 mosteiros do país.

Mas o centro das celebrações do Natal Ortodoxo na Rússia será a catedral de Cristo Salvador em Moscou , onde o Patriarca oficiará o principal serviço do dia. Uma das orações da Igreja Ortodoxa russa para este dia diz: “A Virgem hoje dá à luz Aquele que está acima de toda a essência e a terra oferece uma gruta Àquele que é inacessível. Os anjos e os pastores glorificam-no. Os magos caminham seguindo a estrela. Por nós nasceu o Menino Deus que existe antes de todos os séculos.”

Esta catedral é construída sobre os pilares do templo original (fundado em 1812 para comemorar a vitória sobre Napoleão), que foi arrasado por ordem de Stalin para ser convertido em piscina. Desde sua consagração em 2000, a catedral se converteu no farol dos esforços para recuperar a "velha" Rússia, com os valores ortodoxos como bandeira. Na véspera do Natal na Rússia há o hábito de cantar as janeiras. Jovens e crianças andam de casa em casa cantando canções e lengalengas, propondo adivinhas e pedindo guloseimas. Os donos recebem os foliões com alegria e dão-lhes de bom grado doces e pasteis. Esta tradição chama-se em russo "kolhadki". Hoje jovens fazem kolhadki principalmente nas aldeias e pequenas cidades. Na altura do Natal , as raparigas gostam até hoje de praticar adivinhação. Considera-se que nesta altura a natureza da às pessoas sinais para as ajudar a orientar-se bem na vida. Na manhã de 7 de Janeiro pode-se perguntar a uma pessoa querida: "Tu amas-me?" E esta não pode mentir, pois na antiguidade considerava-se que a terra levaria consigo o mentiroso. Existe uma crença que em 7 de janeiro é possível libertar-se de um amor não correspondido. Para isso é necessário incandescer uma pedra e lançá-la à água gélida. E no momento em que a pedra se fragmenta o sentimento que martirizava a pessoa deixa-a. Timofei Belov Pravda.Ru

 
3409
Loading. Please wait...

Fotos popular