Pravda.ru

Notícias » Federação Russa


Médio Oriente: Posição da Federação Russa

06.10.2003 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Apesar do ataque terrorista em Haifa e a agressão de Israel contra o que alegou ser uma base de treinos de terroristas na Síria, a Federação Russa considera que a melhor maneira de prosseguir na implementação do plano de paz “mapa da Estrada”, do qual é signatário, é um regresso imediato à mesa das negociações antes que a situação piore mais.

A posição da Federação Russa foi explicada pelo Ministro de Defesa da Federação Russa, Sergei Ivanov, numa conferência de imprensa em Otava, Canadá. Sergei Ivanov considera que “não há alternativa à mapa de estrada” embora o ataque terrorista e a resposta israelita dificultam seriamente esta tarefa.

O ministro condenou fortemente o ataque terrorista em Haifa, dizendo que “o ataque é medonho e impossível de aceitar, tal como todos os actos terroristas contra civis”.

Quanto à situação em torno à Síria, a Federação Russa considera que o Conselho de Segurança da ONU deveria redigir uma resolução para discussão sobre o ataque aéreo de Israel contra o acampamento de Ein Sahab, perto do Damasco. Israel afirma que este acampamento é um centro de treinos para terroristas da Islamic Jihad, que admitiu a responsabilidade pelo ataque em Haifa, que matou 19 pessoas. A bombista suicida reclamou que estava a justificar a morte do seu irmão e filho, assassinados pelas forças de segurança de Israel.

A Síria respondeu, dizendo que o Ein Sahab é simplesmente um acampamento de refugiados e afirma que não há acampamentos nenhuns de terroristas no país.

Yuro Fedotov, Vice Ministro de Relações Externas, disse à imprensa que a Federação Russa não tem qualquer problema com um texto que apele pelo respeito pela lei internacional.

Timofei BYELO PRAVDA.Ru

 
1785
Loading. Please wait...

Fotos popular