Pravda.ru

Notícias » Federação Russa


Soldados britânicos admitem abusos contra crianças e adultos afegãos

06.06.2013 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Soldados britânicos admitem abusos contra crianças e adultos afegãos. 18326.jpeg

Crianças afegãs se aproximam, com curiosidade, de soldade norte-americano; tropas estrangeiras atuam com funções policiais (Wikimedia Commons)
 
Eles estão sendo julgados por um tribunal militar;
crimes teriam ocorrido entre 2011 e 2012


Dois soldados britânicos que serviam no Afeganistão admitiram nesta terça-feira (04/06), durante julgamento militar realizado em uma base do Reino Unido, em Paderborn (oeste da Alemanha), terem cometido abusos contra a população local, incluindo crianças. As agressões ocorreram em patrulhas realizadas entre o fim de 2011 e o início de 2012. O julgamento ainda está em curso.


Um dos militares confessou ter adotado "conduta indecente" contra uma criança, enquanto o segundo responde pelo crime de ofensas racistas a um adulto - ele admite o ato, mas não o considera racismo.


A pedido da defesa, os soldados não tiveram seus nomes divulgados, sob a justificativa que o anonimato protegeria suas vidas e a de suas famílias contra futuras agressões. Devido aos recentes atentados contra soldados britânicos em Londres, a corte aceitou manter o sigilo. Acabaram denominados publicamente pelas letras "X" e "Y". O local exato da patrulha também não foi revelado.


O soldado X, que já havia deixado as Forças Armadas britânicas, admitiu ter puxado a mão de um menino afegão em sua virilha durante uma das patrulhas. O episódio foi gravado e a filmagem, utilizada como prova durante o julgamento. O militar foi visto com a criança, cercado por outros soldados que riam enquanto ele repetia a frase "toque em meu lugar especial" por diversas vezes.  X se declarou culpado pelos crimes de prejuízo à ordem e à disciplina durante o serviço. Ele também admitiu ter repetido a mesma ação contra outra criança afegã posteriormente.


Um segundo vídeo, filmado pelo próprio soldado, o mostrou insultando um adolescente afegão que pretendia cumprimentá-lo. Ao se aproximar e estender a mão, X gritou uma série de palavrões ao menino que, assustado, saiu correndo.


Por sua vez, o soldado "Y", que continua em atividade, admitiu ter fotografado um homem afegão pintado com os dizeres "Silly Paki" ("paquistanês estúpido", em tradução livre). A procuradora do caso, tenente coronel Jane England, disse que a conduta de Y foi racista e suscetível de causar assédio e angústia na vítima e na comunidade local. A defesa insistiu na tese de que ele não foi racista e apenas "passou da linha".


Um terceiro militar, denominado "soldado Z", responsável pelo comando da patrulha, foi inocentado da acusação de ter falhado em sua responsabilidade de apurar as ofensas.
 
Opera Mundi
http://www.iranews.com.br/noticia/10117/soldados-britanicos-admitem-abusos-contra-criancas-e-adultos-afegaos

 
3312
Loading. Please wait...

Fotos popular