Pravda.ru

Notícias » Federação Russa


Submersível Priz AS-28: Últimas

05.08.2005 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

O mini-submersivel Priz AS-28 com 7 marinheiros, preso a 200 metros da superfície na costa da Península de Kamchatka, continua a ser a atenção dos observadores mundiais não só pela tragédia humana possível como também pela vontade de ver a Rússia em baixo.

Primeiro, o navio não é um Kursk, é um aparelho de pequena dimensão, submersível, que ficou apanhado numas redes de pesca. Mas para a imprensa do Ocidente, isso não conta. Até se apercebe as mãos a serem esfregadas em gáudio, por causa de “mais um desastre” das “forças sovíeticas” “sem dinheiro”, ou palavras de ordem semelhantes.

Disparates. O Priz AS-28 é o tipo de submersível que vai resgatar outros navios afundados e ficou preso não porque “A União Soviética entrou em colapso”, nem porque há falta de dinheiro nas forças armadas da Federação Russa mas porque muito simplesmente, ficou preso numa rede de pesca.

Almirante Vladimir Pepelaev confirmou que um navio russo tinha conseguido passar um cabo a volta do submersível AS-28, com a intenção de o puxar para águas menos profundas mas que ainda não é claro se conseguiu ou não alterar a posição.

Quanto a quantidade de oxigénio a bordo do AS-28, desde o incidente na quinta-feira a tarde, há o suficiente para mais 4 dias, o que indica segunda-feira a tarde.

Neste momento, está a ser preparado outro navio russo para submergir e rectificar o problema.

Timofei BYELO PRAVDA.Ru

 
1485
Loading. Please wait...

Fotos popular