Pravda.ru

Notícias » Federação Russa


Eleições na Rússia

02.10.2003 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

De acordo com uma sondagem efectuada pelo CEN, 57.85% dos russos estão preocupados com o alto nivel de pobreza, 53.9% estão dissatisfeitos com o custo da vida e 36.9% estão preocupados com a possibilidade dum não pagamento da dívida externa enquanto 78% não acreditam na democracia na Rússia.

Fica cada vez mais claro que a população da Federação Russa não confia nos políticos e que quando vota, vota contra este ou aquele, raramente a favor.

Os agrupamentos políticos agora querem saber para que lado Vladimir Putin vai virar depois de ser eleito Presidente pela segunda vez nas próximas eleições porque querem tirar o rendimento nacional das mãos dos oligarcas e querem rever o sistema de propriedade estabelecida durante a presidência de Yeltsin. Querem uma distribuição mais racional do PIB da Federação Russa, neste momento nas mãos do Estado.

O aspecto internacional também é importante. Os Liberais querem ajustar a mentalidade russa à do resto da Europa e querem uma maior abertura para com os EUA, fazendo concessões a este país se garantir a segurança da Rússia. No entanto, há outra linha de pensamento na Rússia de hoje que não confia nos norte-americanos especialmente depois das campanhas de Washington na Yugoslavia e no Iraque.

De acordo com o Parágrafo 9 da Constituição da Federação Russa, a riqueza da Rússia pertence ao seu povo. Se não houver uma linha de orientação claramente demarcada, a Rússia arriscar perder a sua riqueza. Bons exemplos são a Companhia de Petróleo de Tyumen (TNK), cujo conselho de administração foi alterado em Junho, quando os governadores das regiões foram excluídos. Sidanko, o subsidiário da TNK, também alterou os membros do conselho de administração em Agosto e agora a companhia está controlada por British Petroleum. Neste momento, prepara-se a venda de YUKOS a estrangeiros.

Muito provavelmente, a nova DUMA Estatal será formada baseada na maioria anti-oligarcas do Presidente Putin. Por outro lado, os oligarcas já começaram a comprar lugares no parlamento para os seus apoiantes.

O Bloco de Glazyev tem sido a sensação do período pre-eleitoral – inclui 29 partidos políticos e associações públicas. O programa eleitoral deste bloco é contra os oligarcas, defendendo a dotrina nacional. Dmitry Rogozin, um dos líderes deste bloco, afirmou à imprensa que “Se há um grupo poderoso na DUMA, se Putin vê a alternativa, irá escolher-nos como seu apoio. Há o Kremlin, há o governo e há o Presidente. Estou a trabalhar com o Presidente e agora estou a trabalhar com Glazyev".

Sergei Glazyev espera formar a maioria na DUMA juntamente com os Comunistas, acreditando que a ideologia do seu Bloco e do KPRF (Partido Comunista da Federação Russa) têm muito em comúm: o bem do país e não de certos sectores da sociedade.

E.KOMISSARCHUK

 
2898
Loading. Please wait...

Fotos popular