Pravda.ru

Notícias » Federação Russa


FARC: Carta Aberta

02.07.2019 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
FARC: Carta Aberta. 31282.jpeg

FARC: Carta Aberta

 

Autor: 

Conselho Político Nacional

 

Senhores bispos da Igreja Católica:

Darío de Jesús Monsalve Mejía, Arcebispo de Cali

Luís José Rueda Aparicio, Arcebispo de Popayán

Edgar de Jesús García Gil, Bispo de Palmira

Hugo Alberto Torres Marín, Bispo de Apartadó

Orlando Olaya Villanoba, Bispo de Tumaco

Mario de Jesús Álvarez Gómez, Bispo de Istmina - Chocó

José Saúl Grisales Grisales, Bispo de Ipiales

 

Recebam atenta, cordial e respeitosa saudação. Nos permitimos estendê-lo de forma sincera aos sacerdotes, religiosos, religiosas e seminaristas, como também a todas as pessoas, homens e mulheres, que integram a freguesia eclesial de cada paróquia, em suas respectivas Arquidioceses e Dioceses.

Nos compraz contar-lhes que chegou a nossas mãos o comunicado dirigido por Vocês à opinião pública, elaborado e difundido na Cidade de Popayán a 25 deste mês. O conteúdo reflete nitidamente sua preocupação como pastores, ante a situação complexa que vivem nestes momentos todas as pessoas que, como o Sirineo, estão metendo ombro à Implementação dos Acordos de Paz. Certamente, "os filhos das trevas" estão muito incomodados, porque o povo com seus olhos de esperança vê que é possível acender a luz da paz com justiça social estável e duradoura em nossa martirizada Colômbia.

Parafraseando a São Oscar Arnulfo Romero, mártir salvadorenho, todos os que estamos lutando junto ao povo colombiano pelas transformações negadas desde sempre no político, no econômico, no sociocultural, na defesa do meio ambiente e da natureza, na convivência pacífica com nossos países irmãos, essa luta de nosso povo por alcançar condições de vida dignas, no campo e na cidade, nos autoriza a dizer aos donos do poder e do dinheiro:

Queremos que o governo leve a sério que de nada servirão os acordos se vão banhados com tanto sangue de líderes -homens e mulheres-, estudantes, indígenas, sacerdotes, homens e mulheres afrocolombianos, de ex-integrantes das FARC-EP e seus familiares. Por isso, em nome de Deus e em nome de nosso sofrido povo lhes dizemos: Não é na base de mentiras, ditas dentro e fora do país, nem é matando, desaparecendo, empalando, esquartejando pessoas em casas de tortura, torturando-as, intimidando-as como se governa um país, nem como se cumprem os compromissos assumidos ante Deus, o povo colombiano, a Comunidade Internacional e Organizações de caráter mundial. A luta pela Paz estável e duradoura é sagrada e merece respeito.

Nos alenta saber que para Vocês a unidade é um dom estimado, que põem em prática junto com os Bispos de Ipiales, Pasto, Tumaco, Mocoa-Sibundov, Ibarra, Esmeraldas e Sucumbíos. Esse, com efeito, é o caminho correto.

Consideramos muito importante o apoio decidido de Vocês à criação de um grande Movimento regional de SERVIDORES DA PAZ, para que se fortaleça este caminho de solução dialogada ao conflito armado interno e se consolide a implementação do Acordo Final para a Terminação do Conflito e a Construção de uma Paz Estável e Duradoura.

Queira Deus que suas orações fortaleçam a luta do povo colombiano e que suas orientações façam compreender a esse mesmo povo que unidos podemos construir uma Colômbia em Paz e com Justiça Social.

 

CONSELHO POLÍTICO NACIONAL

FORÇA ALTERNATIVA REVOLUCIONÁRIA DO COMUM-FARC

Bogotá DC,  28 de junho de 2019

Tradução > Joaquim Lisboa Neto

 

 
4623

Fotos popular