Pravda.ru

Notícias » Mundo


Putin defende política

29.04.2005 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Presidente Vladimir Putin explicou ontem na sua visita oficial a Israel que a venda de componentes para uma central nuclear ao Irão e sistemas de defesa aérea à Síria não constituíam uma ameaça para Israel.

Israel tinha exprimido sua preocupação acerca da venda de armas de componentes nucleares a dois dos seus inimigos históricos. No entanto, o Presidente da Federação Russa abordou esta questão na sua reunião com o vice-primeiro-ministro israelita, Ehud Olmert.

Presidente Putin disse que Teerão tem a obrigação de convencer a comunidade internacional que não tenciona fabricar armas nucleares mas sim, prosseguir uma política de providenciar energia a partir da Central Nuclear de Bushehr e declarou na sua reunião com seu homólogo Presidente Katsav, que a Rússia “está trabalhando para garantir que a capacidade nuclear deles (Irão) é utilizado para fins pacíficos”.

O Presidente da Federação Russa também realçou que sob o acordo entre Moscovo e Teerão, Irão tem de devolver todo o combustível nuclear à Rússia, no entanto admitiu que Teerão tem de aceder e permitir inspecções.

Defendendo a venda dos mísseis à Síria, o Presidente rematou: “São mísseis de curto alcance que não conseguem chegar ao território de Israel. Para ficar dentro do alcance deles, teriam de atacar a Síria. Querem fazer isso?”

“Estamos a tomar as opiniões e preocupações dos nossos parceiros em consideração, não estamos a mudar o equilíbrio de poder na região,” explicou Vladimir Putin. Konstantin KODENETS PRAVDA.Ru

 
1586
Loading. Please wait...

Fotos popular