Pravda.ru

Notícias » Mundo


Cerca de 30 reféns continuam detidos num banco na Venezuela

29.01.2008 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Pelo seguindo dia os homens armados mantêm cerca de 30 pessoas reféns dentro de um banco em Altagracia de Orituco, no estado de Guarico, na Venezuela, num tenso impasse com a polícia . A polícia cercava a agência bancária do filial do banco espanhol BBVA e tenta negociação.

Segundo  a Agência Estado, o drama começou ontem por volta das 11 horas, quando quatro homens armados tentaram assaltar o banco. Um policial que foi tirar dinheiro no caixa automático percebeu a situação e deu o alarme. Os assaltantes mantêm cativos clientes e empregados do banco, informou Amanda Saldivia, uma repórter da local Guarana Radio FM. Acredita-se que haja crianças entre os reféns; durante a noite, os pistoleiros aceitaram um pacote de fraldas e uma mamadeira, acrescentou Saldivia.

Ninguém foi ferido até agora. Seis reféns já deixaram a agência, os libertados pelos pistoleiros e um guarda de segurança, que saiu correndo com os ladrões atirando contra ele, mas não foi atingido. Polícia informou que os reféns tiveram permissão de falar por telefone celular com parentes.

Os assaltantes exigem uma ambulância para levá-los com vários reféns, o que é negado pelas autoridades. O impasse ocorre na agência do Banco Provincial, ligado ao Bilbao Vizcaya Argentaria, ou BBVA, da Espanha.

 
1320
Loading. Please wait...

Fotos popular