Pravda.ru

Notícias » Mundo


DERROTA DA ESQUERDA NA POLÓNIA

28.09.2005 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Nas eleições para a câmara baixa do parlamento da Polónia, a força mais votada foi o Partido da Lei e Justiça, direita conservadora católica, com 27% dos votos. Em segundo lugar ficou a Plataforma Cívica, direita liberal, com 24% dos votos.

Em terceiro lugar ficou o partido Autodefesa da República da Polónia, direita católica nacionalista e populista, com 11,4% dos votos. Em quarto lugar ficou a Aliança Democrática de Esquerda com 11,3%. Em quinto lugar ficou a Liga das Famílias Polacas, dirieta católica, com 8%. Em sexto lugar ficou o Partido Camponês, centrista, com 7%. Apenas estes partidos obtiveram representação parlamentar. Prevê-se que os dois mais votados se entendam para formar governo. Concorreram ainda à esquerda, e pela primeira vez, a Social Democracia Polaca, centro-esquerda social-democrata, dissidente da ADE, fundada em 2004, com 3,9% dos votos. E o Partido Trabalhista Polaco, esquerda social-democrata, fundado em 2001, com apenas 0,8%. Desde as primeiras eleições multipartidárias, em 1991, que a Aliança Democrática de Esquerda, sucessora do chamado Partido Operário Unificado, que governou a Polónia antes de 1989, vinha crescendo. Naquele ano teve 11%. Em 1993 teve 21% e voltou ao poder. Em 1997 teve 27% e voltou à oposição. Em 2001 havia obtido 41% e regressado ao governo. Mas agora foi o descalabro. Como aconteceu? Uma taxa de desemprego de 18%, a pobreza afectando 60% da população e escândalos de corrupção afectando vários elementos do partido, inclusive aquele que era o seu candidato presidencial - e que teve de desistir, provocaram cisões no partido e agora este resultado. Mas é preciso dizer mais! Aceitar a democracia política, com multipartidarismo e liberdade de expressão, abandonar uma visão demasiado estatizante, centralizada e burocrática da economia foram importantes passos em frente, no sentido de uma prática política mais coerente com a ideologia comunista. Mas o mesmo não pode dizer do abandono formal dessa ideologia, da adesão a políticas neoliberais ou do apoio ao imperialismo - como se passou aquando da agressão ao Iraque por parte do governo dos EUA. Assim, quem foi agora derrotada não foi uma verdadeira política de esquerda! Além disso, acrescente-se num aparte, a verdadeira, profunda e duradoura, derrota da esquerda na Polónia aconteceu há mais tempo. Quando o Partido Comunista Polaco foi vitimado e depois extinto pela repressão estalinista, nos anos 1930. E quando o comunismo foi desacreditado, pervertido e confundido com o estalinismo, e depois com uma ditadura burocrática, violando aspectos essenciais da ideologia comunista, como o poder e independência da classe trabalhadora, a democracia política, a liberdade. Luís Carvalho PRAVDA.Ru

 
2805
Loading. Please wait...

Fotos popular