Pravda.ru

Notícias » Mundo


EUA, DEMOCRACIA, LIBERDADE X IRÃ

26.06.2003 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

O governo de Washington acusa o Irã de colaborar e financiar células terroristas, e o programa nuclear do país é considerado "ilegal". O presidente americano George Bush pega carona com os oposicionistas do regime islâmico do líder Mohamed Khatami, para exigir democracia e liberdade. As exigências do presidente americano soam irônicas, para não dizer absurdas. Democracia?. Liberdade?. Será que o governo de George Bush sabe os significados dessas palavras? O mesmo George Bush em uma decisão unilateral desrespeitou a constituição do seu próprio país e a ONU, atacando o Iraque, em uma atitude nada democrática, colocando em risco a liberdade dos Iraquianos, com a chuva de bombas que assassinou milhares de civis. Pergunte a qualquer iraquiano se eles tiverem liberdade para escolher serem favoráveis a guerra ou contra. Não, eles não tiveram essa escolha. George Bush e sua mídia tendenciosa foi ainda mais longe censurando as vozes contra a guerra e intimidando países opositores, como a Síria e o Irã. Essa é a liberdade que o governo de George Bush conhece; opressão, violação dos direitos humanos, roubo, pilhagem, falsificação de relatórios, fraudes. Democracia? George Bush nem sequer conhece o significado dessa palavra. Nada adiantou os protestos contra a guerra, as manifestações, reuniões com a ONU, para evitar á guerra. Pois isso não interessa a George Bush, o que é realmente importante é controlar o petróleo iraquiano e não depender mais do saudita. A guerra no Iraque também serviu para intimidar a Síria e o Irã, fortes opositores da ofensiva militar anglo-americana. Mas qual é a diferença da Síria e do Irã?. Quando Donald Rumsfeld afirmou que a Síria estava colaborando com o regime de Saddam e fabricando armas de destruição em massa, o falcão da Casa Branca logo percebeu o "grave erro" que estaria cometendo, pois a Síria tem uma importância vital para a estabilidade do Oriente Médio. Então seria a vez do Irã; George Bush não sabe mais o que fazer com o programa nuclear iraniano, pois é muito avançado e ainda está sendo desenvolvido em parceria com a Rússia. O Irã conta com vários investidores estrangeiros na economia de seu país, e para finalizar o Irã é contra o unilateralismo da Casa Branca. Isso é uma ameaça a George Bush, que teme que o Irã possa "frustrar" seus planos no Iraque. Primeiro, a maioria da população do Iraque é xiita como a do Irã, e segundo, os EUA jamais vão permitir que um país árabe possa ser mais "poderoso" do que Israel, seu aliado na região. Na verdade o que George Bush espera é minar as lideranças árabes para ter domínio sobre o Oriente Médio juntamente com Israel. Michele MATOS PRAVDA Ru BRASIL

 
2738
Loading. Please wait...

Fotos popular