Pravda.ru

Notícias » Mundo


Os maoístas: “O anúncio do rei foi uma farsa”

26.04.2006 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Os maoístas: “O anúncio do rei foi uma farsa”

 

Pouco após o anúncio do rei, milhares de nepaleses saíram para as ruas de Katmandu para comemorar a derrota do rei Gyanendra diante da aliança da oposição, que elegeu Girija Prasad Koirala, líder octogenário do Congresso Nepalés, como futuro primeiro-ministro.

A decisão do rei do Nepal de restaurar o Parlamento fez a oposição cancelar os protestos convocados para esta tarde que eram parte da mobilização que paralisou o país durante quase trés semanas, mas a resolução real não convenceu os maoístas, que mantém o bloqueio das estradas.

A guerrilha maoísta anunciou já em comunicado que rejeita a promessa de restauração do parlamento anunciada pelo rei Gyanendra. Para os rebeldes, o anúncio do rei é um “estratagema” destinado a salvar a “monarquia autocrática”. Num comunicado, o líder dos maoístas, Pushpa Kamal Dahal (ou Prachanda, o feroz), acusou os partidos da oposição de cometerem “outro erro histórico”, considerando que a mensagem do rei foi “uma farsa”, e anunciou que a guerrilha vai continuar a manter o bloqueio de estradas como medida de pressão.


“Manteremos o bloqueio das estradas de ligação à capital e às principais cidades e povoações do país até que haja um anúncio incondicional de eleições para uma assembleia constituinte”

Mesmo com a perman к ncia dos bloqueios, as ruas de Katmandu voltavam а normalidade. As lojas abriram e o transporte público funciona novamente na cidade que foi paralisada pelas mobilizações, nas quais pelo menos 14 pessoas morreram e centenas ficaram feridas.

 
1680
Loading. Please wait...

Fotos popular