Pravda.ru

Notícias » Mundo


O presidente ucraniano pede ajuda a Europa

25.04.2006 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
O presidente ucraniano pede ajuda a Europa

O Presidente ucraniano, Viktor Iuchtchenko, pediu hoje aos países ricos para ajudarem financeiramente a Ucrânia a ultrapassar as consequências da catástrofe de Tchernobyl na abertura de uma conferência internacional, em Kiev, sobre o maior acidente nuclear da história.

"As consequências daquela avaria nuclear superam a capacidade de um só país fazer face a tantos gastos e prejuízos", disse Iuchtchenko, apelando a todos os signatários do memorando de Otava para compensarem a Ucrânia pelos custos decorrentes do encerramento da central".

O Presidente ucraniano referia-se ao memorando assinado em 1995 pela Ucrânia, União Europeia e os sete países mais industrializados do mundo sobre o encerramento da central de Tchernobyl, fechada finalmente a 15 de Dezembro de 2000.
"Passados 20 anos, ainda desconhecemos a magnitude real das sequelas daquela tragédia", cujas consequências já custaram à Ucrânia 15 mil milhões de dólares, soma que aumentará para 170 mil milhões de dólares até 2015, disse.
Como forma de definir a estratégia comum para superar as consequências da catástrofe, pediu à União Europeia, às Nações

Unidas e à UNESCO, algumas das entidades presentes no encontro de Kiev, que apoiem a iniciativa de realizar uma nova conferência de doadores.

Segundo Iuchtchenko, uma das prioridades prende-se com a construção de um novo sarcófago em aço sobre o que cobre actualmente, em betão, o quarto reactor de Tchernobyl e que já apresenta fugas radioactivas.
Até agora, a comunidade internacional conseguiu reunir mais de 720 milhões de euros para esta obra que as autoridades ucranianas pretendem começar ainda este Verão, para as concluir até 2010.

Segundo "Região da Leiria"


 
1908
Loading. Please wait...

Fotos popular