Pravda.ru

Notícias » Mundo


Bush culpado de crime de tentativa de assassínio

24.03.2003 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

A Ordem Executiva 12 333, assinado pelo presidente Ford em 1976, não foi revogado, o que significa que a tentativa de assassínio do Presidente Saddam Hussein pelas forças militares dos EUA é ilegal sob a lei dos Estados Unidos da América. A Quarta Convenção da Haia estipula que tais acções violam a lei internacional. Presidente George W. Bush poderá ser indiciado pelo crime de tentativa de assassínio.

A Quarta Convenção da Haia, assinado em 1907, estipula que o acto de assassínio premeditado dum indivíduo é ilegal sob o direito internacional. De acordo com este princípio, o ataque contra o bunker de Saddam Hussein no início deste ataque ilegal contra o Iraque pela coligação anglo-americana, que tentou assassinar o líder iraquiano e os seus filhos, viola a lei.

Esta administração em Washington tenta fazer tudo para proteger cidadãos americanos dos foros de lei internacionais, sob o pretexto que devem ser julgados no seu próprio país. Daí que ainda não ratificou o Tribunal Penal Internacional da Haia. Contudo, neste caso nem esta abordagem salva o George W. Bush porque violou também a lei dos EUA.

Presidente Ford assinou a ordem Executiva em 1966, que estipula claramente que “Qualquer funcionário da Administração americana está proibido de conspirar ou envolver-se directamente em assassínios políticos”.

Timothy BANCROFT-HINCHEY PRAVDA.Ru

 
1426
Loading. Please wait...

Fotos popular