Pravda.ru

Notícias » Mundo


Um violador brasileiro condenado a 326 anos em Espanha

23.06.2006 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Um violador brasileiro condenado a 326 anos em Espanha


O brasileiro Juvenilson Dias da Silva, conhecido na Espanha como o estuprador de Pozuelo (periferia de Madri), foi condenado ontem pela Justiça espanhola a 326 anos de cadeia por 17 violações e duas tentativas de violação, cometidas entre 2000 e 2003 .

Juvenilson Dias da Silva foi também declarado culpado de oito delitos de violação com violência e cinco delitos de agressões com ferimentos.

Um dos violadores em série mais perigosos da história da Espanha, segundo um perfil psicológico apresentado pela promotoria, o brasileiro foi definido por um psiquiatra como "extremamente cruel e violento".

Esperava as mulheres durante o dia ou ao cair da tarde na porta do metrô. Com uma faca ou punhal junto ao pescoço as forçava a ir a algum lugar deserto e ali as violentava. Depois roubava seus pertences.

O brasileiro, que se mostrou «profundamente arrependido» durante o julgamento, reconheceu as violações e as tentativas de violação de que era acusado, e declarou «aceitar a pena máxima», noticiaram os media espanhóis.

Foi também condenado a pagar mais de 615.000 euros às suas vítimas.

Em Espanha, não existe a condenação a prisão perpétua. A pena máxima para um delito é de 30 anos, de 40 para terrorismo e as penas acumulam-se segundo o número de infracções.


 
1480
Loading. Please wait...

Fotos popular