Pravda.ru

Notícias » Mundo


Não é uma «teoria da conspiração», mas...

23.03.2012 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Não é uma «teoria da conspiração», mas...

Não é uma «teoria da conspiração», mas.... 16658.jpegRecentemente o Mundo civilizado foi horrorizado com a fria morte de três crianças e de um rabi, numa escola judaica, em Toulouse, França.

Segundo algumas testemunhas, este ignóbil e hediondo acto, teria sido perpetrado por um único indivíduo, que se fazia transportar numa mota.

As primeiras reacções indicariam que este seria o terceiro acto de uma "peça" já conhecida das autoridades francesas porque, tudo o indicava, que o assassino/executor seria o mesmo que teria praticado actos similares contra militares de origem magrebina 8de confissão muçulmana) e franco-caribenha.

Estranhamente, e segundo a revista Le Point, as autoridades francesas, numa primeira reacção, davam como tendo sido ex-militares expulsos, próximos dos neo-nazis, os autores destas três tristes e abomináveis façanhas.

Posteriormente, e fazendo fé, nas declarações públicas das testemunhas do ataque à escola judaica, tiveram de fazer uma inversão e já admitiam ter sido, talvez só um ex-militar com muita prática.

O actual e ainda presidente da República Francesa, Nicolas Sarkosy, também ele filho de imigrantes e casado com uma imigrante, e que tem criticado, mais que implicitamente, os imigrantes - parece estar a tentar roubar votos à extrema-direita francesa - tal como o seu primeiro-ministro, diz que tem de ser combatido estes actos xenófonos.

Mas... (os dois textos seguintes foram escritos na minha página do Facebook:)

[- Como pode Sarkozy prometer uma coisa que ele próprio, inadvertidamente, admito, criou com as "sanções" para os imigrantes. E esta já parece não ter sido original dado que o mesmo atirador poderá ter estado por detrás da morte de pára-quedistas franceses na semana passada."

"- É interessante que o que até agora era difícil de se apurar - quem era quem - seja tão rápido a ser apanhado e pertencer à Al-Qaeda. Logo uma pessoa que além de ter morto judeus também matou magrebinos, logo, islâmicos, e franco-cribeanos, que nada têm haver com a "Palestina".

Talvez, se analisarmos bem, talvez que pertença à mesma organização que matou um fotógrafo num navio do Greenpeace, em N. Zelândia, ou, como já se especulou e não foi pouco, também tentou - e parece quase conseguiu - destruir a vida política de DSK, evitando assim, que o Poder instituído se reafirmasse e mantenha.

Não esqueçamos que foi o Poder o primeiro a vir a público chorar "lágrimas de crocodilo", logo aproveitado por aqueles que ao Poder desejam subir...

Como acima titulo, não defendo uma "teoria de conspiração", mas que quem ler as "histórias" da DGSE (Direction Générale des Services Spéciaux) ou das suas antecessoras e da sua subserviência política ao Poder - qualquer que seja a cor de momento - verifica que têm sido muitos os actos praticados e nunca assumidos que se assemelham a autênticos actos terroristas como os acima referidos.

E sempre a favorecer os interesses instalados dos Poderes instituídos.]

Reafirmo que não estou a defender uma qualquer eventual "teoria de conspiração", mas...

Entretanto, as notícias dão como estando na perspectiva de detenção do alegado assassino, que segundo algumas fontes se terá identificado como membro da Al-Queda. Ora como esta anda, ultimamente, com as costas tão largas - até quando um dos alegados financiadores do senhor Sarkozy também o denunciava como todos os actos praticados no seu país derivavam deles, um tal Kadhafi - já acredito em tudo.

Não é que esteja a defender uma qualquer eventual "teoria de conspiração", mas...

Eugénio Costa Almeida

 
4522
Loading. Please wait...

Fotos popular