Pravda.ru

Notícias » Mundo


Yakovenko sobre visita de Belkhadem

22.04.2003 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Pergunta: O MNE da Argélia, Abdelaziz Belkhadem, irá visitar a Rússia entre 22 e 24 de Abril. Acha que o cenário das relações bilaterais levará para uma visita de sucesso?

Resposta: A Rússia atribui grande importância à visita a Moscovo pelo Ministro de Estado da Argélia para Relações Estrangeiras, Senhor Abdelaziz Belkhadem. A Argélia tem grande autoridade no mundo árabe e muçulmano. As relações entre nós estão ligadas a muitos anos de amizade e compreensão mútuo. Está nos interesses da Federação Russa que haja uma cooperação plena com a Argélia.

A Rússia espera abordar uma larga gama de aspectos durante estas conversas depois da Declaração de Parceria Estratégica assinado entre presidentes Putin e Bouteflika na Cimeira de Moscovo em Abril de 2001 estabeleceu a base para o aprofundamento das relações bilaterais.

PERGUNTA: Quais são os requisitos e prospectos para o desenvolvimento das relações bilaterais?

RESPOSTA: Um processo de diálogo político sustentável é parte essencial das relações entre a Rússia e a Argélia. baseia-se em respeito mútuo pelos interesses nacionais e numa perspectiva mutuamente benevolente relativo aos interesses de cada parte, formando um base sólida para outros projectos de colaboração em acções na área político-diplomâtica.

O objectivo é manter a dinâmica das nossas relações e traçar linhas-guia para o futuro. Entre outros assuntos, temos de fortalecer a base legal e contratual para as nossas parcerias nas áreas de comércio e negócios, em altas tecnologias, transportes, cultura, educação, e nos setores de petróleo, gás e energia.

PERGUNTA: Quais os assuntos de importância regional que serão abordados entre Igor Ivanov e Abdelaziz Belkhadem?

RESPOSTA: Devo dizer-lhe que a Rússia e a Argélia apoiam uma ordem mundial multi-polar, justa e estável, baseada nos princípios de direitos iguais e de igualdade entre as nações soberanas, a não interferência nos assuntos dos outros estados e uma gestão de crises baseada numa abordagem do ponto de vista da lei internacional. A ONU deve ter um papel chave e deve estar no centro desta nova órdem mundial.

Nossos dois países têm uma visão semelhante relativo ao fenómeno de terrorismo internacional.

Nestas conversas, haverá uma troca de opiniões profunda sobre a situação em torno ao Iraque. Os nossos dois países acreditam que não há alternativa senão reencaminhar esta crise para a ONU onde as Resoluções do seu Conselho de Segurança possam outra vez desempenhar um papel fulcral no processo de paz.

Também abordaremos os desenvolvimentos no Médio Oriente. Rússia e Argélia querem que o processo de paz seja retomada, como foi estipulado nas propostas dos “quatro” mediadores na implantação de paz na região (ONU, Rússia, UE e EUA).

No entanto, a Rússia está aberta a outros ideias ou outros planos que sejam do agrado das partes envolvidas.

Traduzido por Timofei BYELO PRAVDA.Ru

 
3118
Loading. Please wait...

Fotos popular